Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

18 Fevereiro de 2020 | 13h12 - Actualizado em 18 Fevereiro de 2020 | 12h49

Grupo Autostar regista aumento de 21% na venda de automóveis

Luanda - O grupo Autostar registou um aumento de 20 por cento nas vendas de automóveis em 2019, ao comercializar dois mil e 709 veículos ligeiros de várias marcas, quantidade acima das duas mil e 298 viaturas de 2018, pese embora o contexto de crise que subsiste no país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em entrevista à Angop, o director executivo do referido grupo, Joerg Nuehrmann, sublinhou que, embora se tenha verificado um aumento em 2019, comparativamente a 2018, essa quantidade de unidades vendidas não se compara com as dos anos anteriores, cujos registos chegavam a quatro mil viaturas/ano.

De acordo com o Joerg Nuerhmann, apesar da crise económica e financeira que assola o país, até ao momento o grupo não tem como estratégia o despedimento de pessoal.

Entretanto, a empresa tem criado novas políticas comerciais, como a venda de carros usados, com vista a dar resposta à demanda existente no segmento de consumidores média renda.

Actualmente a empresa conta com um parque de venda de mais de mil viaturas, sendo que dispõe de duas oficinas para receber em simultâneo 70 veículos.

Com mais de 20 anos de experiência na importação, reparação e assistência de veículos em Angola, o grupo realizou investimentos na construção e a criação de infra-estruturas e equipamentos que asseguram não só o desenvolvimento da actividade mas também a concretização dos objectivos traçados.

Estes investimentos levaram a que, em 2012, o Grupo Autostar passasse a representar as marcas do Fiat Group Automobiles Fiat, Alfa Romeo, Abarth, Fiat Profissional, Jeep, Chrysler, Dodge e Ram.

Vai também representar, a partir de Março próximo, a marca britânica MG e as chinesas Boojun e Wuling.

Por outro lado, informou que vão abrir uma loja de peças no Talatona, com vista a facilitar no processo de manutenção dos carros, de modo a acabar com as dificuldades na aquisição de peças.

O grupo conta com 141 funcionários.

Assuntos Transporte  

Leia também