Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

23 Fevereiro de 2020 | 04h58 - Actualizado em 23 Fevereiro de 2020 | 04h58

Huawei Angola anuncia vencedores do concurso de TIC em Março

Luanda - Os vencedores do concurso 2019/2020 de TIC da Huawei, que visa estimular a paixão dos jovens em Angola pela aprendizagem das TIC, serão conhecidos na segunda quinzena do mês de Março.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A competição, que visa também promover talentos digitais locais e construir um ecossistema de talentos da indústria de TIC no país, contou com a participação de mais de mil e 255 estudantes de várias universidades de Angola, Cinfotec, Isutic e BIG-IT, em várias disciplinas, incluindo rede, computação em nuvem, inteligência artificial e big data.

Os vencedores dos concursos em Angola terão a oportunidade de participar das finais regionais na África do Sul e finais globais na sede da Huawei em Shenzhen, China.

Segundo uma nota de imprensa da Huawei Angola, que a Angop teve acesso hoje, o certame realizado em 2019 com o tema “Conexão, Glória, Futuro”, tem como objectivo fornecer uma plataforma para que os talentos globais de TIC mostrem suas habilidades, compitam e se comuniquem, incentivando estudos relacionados às TIC e impulsionando o crescimento de um talento robusto em TIC ecossistema.

O documento refere que Director Executivo da Huawei Angola,Li Ran, observou que a lacuna de habilidades em TIC se tornou cada vez mais um gargalo para abraçar oportunidades na era digital, já que em todos os sectores está pronto para crescer, com rápidos avanços nas tecnologias emergentes, mudando a própria natureza dos empregos .

O gestor, cita a nota, enfatizou que é importante promover um ecossistema de talentos em TIC aberto e sustentável que envolva diferentes partes interessadas para equipar os jovens com habilidades empregáveis ??e aumentar as competências relevantes no mercado de trabalho.

“Precisamos de uma abordagem abrangente do desenvolvimento de habilidades para o emprego, maior produtividade e crescimento. O conteúdo do treinamento deve estar alinhado com os requisitos de habilidades no mercado de trabalho. É por isso que nos dedicamos a trabalhar ainda mais de perto com as universidades de todo o país para equipar melhor os alunos com a próxima geração de tecnologias e criar a plataforma para os estudantes angolanos demonstrarem que são capazes de amadurecer em especialistas de classe mundial. ” disse Li Ran.

“As lacunas de habilidades em todos os sectores estão prontas para crescer na Quarta Revolução Industrial em todo o mundo”, indica a nota, adiantando que haverá também uma forte demanda por habilidades relacionadas às TIC.

Prevê-se que até 2022, Segundo dados Fórum Econômico Mundial, pelo menos menos 133 milhões de novos papéis gerados como resultado da nova divisão do trabalho entre seres humanos, máquinas e algoritmos podem emergir globalmente.

Para colmatar a lacuna de habilidades em TIC e promover o conjunto de talentos de TIC necessário para o desenvolvimento económico social nacional, a Huawei Angola vem trabalhando com parceiros governamentais, industriais e académicos em engenharia de alto nível, oferecendo cursos de certificação, patrocinando estudos a bordo e apoiando iniciativas do governo na promoção da inovação e TIC Aprendendo.

Até agora, a Huawei Angola inscreveu sete universidades em todo o país no lançamento de academias, onde os estudantes podem acessar cursos de certificação reconhecidos industrialmente.

Este é o segundo ano executivo do fornecedor líder global de soluções de TIC para trazer o evento global para Angola.

Assuntos Economia  

Leia também
  • 23/02/2020 04:57:48

    Governo do Bié recomenda estudo para gestão do kit de construção

    Cuito - O governo da província do Bié recomendou ao Gabinete Provincial dos Serviços Técnicos e Infra-estruturas a realização de um estudo sobre a gestão e utilização adequada do kit de terraplanagem e construção de estradas, entregue a 27 de Janeiro deste ano, pelo Ministério da Construção para assegurar a circulação de pessoas e mercadorias.

  • 21/02/2020 19:18:16

    Cacuso ganha fábrica de processamento de batata rena

    Malanje - Uma fábrica de batata rena frita, denominada "Palanca" com capacidade para embalar 12 mil pacotes de 40 e 80 gramas em 6 horas, foi inaugurada hoje (sexta-feira) no município de Cacuso.

  • 20/02/2020 19:39:13

    Responsável aconselha comerciantes a legalizarem actividade

    Saurimo - A directora do Gabinete Provincial do Desenvolvimento Económico da Lunda Sul, Elizabeth Ayala, aconselhou nesta quinta-feira, em Saurimo, aos comerciantes a legalizarem as suas actividades, para cumprirem com as suas obrigações fiscais, pagando os seus impostos.