Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

22 Fevereiro de 2020 | 00h01 - Actualizado em 25 Fevereiro de 2020 | 09h57

Processo de privatização de fábricas têxteis, destaque da semana

Luanda - O processo de privatização das três unidades industriais têxteis, nas províncias de Luanda, Cuanza Norte e Benguela, através de um concurso internacional, a partir de Abril, constitui o destaque da semana.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Trata-se das fábricas Nova Textang II (Luanda), África Têxtil (Benguela) e Satec (Cuanza Norte), construídas com fundos públicos, cujas condições precedentes para a sua privatização estão concluídas para serem lançados a concurso público internacional.

Nestas fábricas, no âmbito do acordo financeiro estabelecido entre o Governo angolano e o banco japonês JBIC, o Executivo investiu USD 1,2 mil milhões, 251 milhões de dólares para a Nova Textang II e 420 milhões de dólares cada para África Têxtil e Satec.

Foi também destaque noticioso, a assinatura de um acordo de produção entre a Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG) e o grupo empreiteiro do Bloco 14, que vai permitir um incremento do valor actual líquido do Estado em aproximadamente 400 milhões de dólares.

Com base no acordo, haverá um investimento adicional no bloco de 600 milhões de dólares, aumento na produção na ordem de 51 milhões de barris até 2028, com impacto positivo para a economia de Angola.

Outro assunto de menção na semana foi a realização do primeiro sorteio habitacional para a aquisição das duas mil e 390 residências na centralidade do Zango 5, em Luanda, que teve a participação de 157 mil e 431 candidatos que se inscreveram no portal da Imogestin.

Mereceu igualmente destaque o anúncio da Angola Telecom de estarem totalmente repostos os serviços de internet, depois da avaria registada nas últimas semanas no Cabo Submarino SAT-3, na rota entre Libreville (Gabão) e Cacuaco (Luanda - Angola).

A abordagem sobre a sustentabilidade da dívida pública, devido à contínua aposta no financiamento de entidades multilaterais (financiamento concessionais) e nos projectos que fomentam o sector privado, constituiu destaque económico da semana que hoje finda.

Outro assunto em destaque foi o registo da inflação, medida pelo Índice de Preços Grossista, registou no período de Dezembro 2019 a Janeiro de 2020, um aumento de 1,72 por cento, 0,06 pontos percentuais superior ao registado no período anterior.

Durante o mês de Janeiro de 2020, os preços dos produtos nacionais aumentaram em 1,98 por cento, comparados com os preços do mês de Dezembro de 2019, sendo a Secção A - Agricultura, Produção Animal, Caça e Silvicultura, a que maior aumento de preços registou com 2,30%.

Assuntos Resenha  

Leia também
  • 08/02/2020 01:12:24

    Fórum económico Angola-Alemanha, destaque da semana

    Luanda - A realização em Luanda do 8º fórum Económico Angola-Alemanha, reunião em que o Presidente da República, João Lourenço, convidou os alemãs a abraçar as oportunidades de negócios que Angola oferece nos mais variados sectores, constitui destaque da semana.

  • 11/01/2020 09:46:47

    Cobrança da primeira prestação do IPU, destaque da semana

    Luanda - O início da cobrança da primeira prestação do Imposto Predial Urbano (IPU) de 2020 pela Administração Geral Tributária (AGT), constituiu um dos assuntos mais relevantes do noticiário económico da semana.

  • 28/12/2019 00:57:51

    Construção em 50 por cento do Angosat-2, destaque da semana

    Luanda - A revelação do ministro das Telecomunicações e das Tecnologias de Informação, Carvalho da Rocha, segundo a qual o satélite angolano Angosat-2 já está construído a 50 % e cujo lançamento em órbita pode acontecer até 2022, constitui destaque da semana.