Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

03 Março de 2020 | 13h18 - Actualizado em 04 Março de 2020 | 10h22

Angola ICT Fórum 2020 e Angotic proporciona financiamento as startups

Luanda - O Fórum e a exposição global de tecnologia de informação e da comunicação (Angola ICT Fórum 2020 e Angotic), a ter lugar de 11 a 13 de Junho próximo, abrirão portas para as 'startups' obterem financiamentos e outros 'in puts' para o seu desenvolvimento.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Administradora executiva do Infrasat, Emília Dias fala no acto de lançamento do Angola ICT Fórum 2020 e Angotic

Foto: Rosário dos Santos

Ao falar hoje em Luanda, no acto de lançamento do Angola ICT Fórum 2020 e Angotic, a administradora executiva do Infrasat, Emília Dias, referiu que a área financiamento às startups será uma das inovações deste evento.

O fórum e a feira, na visão da gestora, vão proporcionar às startups uma oportunidade de firmarem acordos de financiamento com instituições bancárias e ou outros apoios que visam o crescimento técnico e tecnológicos.

Por outro lado, disse, no Angotic 2020, os mais de 10 mil participantes, entre eles expositores e empresas, contarão com a presença dos Serviços Públicos Electrónicos do Governo de Angola (SEPE).

Trata-se de uma ferramenta que disponibiliza informações e diversos serviços públicos electrónicos, dos quais agendamento electrónico, pagamentos de taxas, emolumentos, oferta de serviços de educação, finanças, justiça, saúde, segurança pública e segurança social.

Por ser turno, o secretário de Estado para as Tecnologias de Informação, Manuel Homem, referiu que o mercado nacional já consome produtos que foram criados no âmbito do Angotic e têm ajudado na aceleração da produção e solucionar muitos problemas sociais.

Para si, os produtos resultados do Angotic já são visíveis, particularmente nas telecomunicações, mas também nos sectores da banca, saúde, agricultura e nos diferentes segmentos onde TIC são necessárias.

 Outro segmento importante inserido do Angotic desde o ano de 2019, acrescentou, foi a área de petróleo e gás e o reforço dos sectores da saúde e da educação.

Para esta edição, será dada atenção especial à ciberssegurança, banca electrónica, 5G e a 4º revolução industrial (era digital).

A primeira edição teve uma participação de 80 startups, na segunda 150 startups e a previsão para este ano (2020) aponta para um número maior.

O Angola ICT Fórum 2020 e o Angotic terão em discussão vários temas, que serão discutidos em mais 40 sessões e com mais de 160 oradores.


 

Assuntos Telecomunicações  

Leia também