Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

19 Março de 2020 | 17h15 - Actualizado em 19 Março de 2020 | 17h14

Inadec realça importância de produtos com rótulos

Luena - Os rótulos nos produtos comercializados são de extrema importância, pois trazem ao consumidor todas as informações nutricionais a respeito do produto, segundo Jacob Cachipa, chefe dos serviços provincial em exercício do Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (Inadec) no Moxico.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Moxico: Chefe dos Serviços Provincial em Exercício do INADEC do Moxico, Jacob Cachipa

Foto: kinda kyungu

Em declarações hoje à Angop, o responsável alertou aos consumidores no sentido de redobrarem a vigilância e denúncia de todas infracções, tais como a venda de artigos caducados e a falta de rotulagem do produto.

Explicou que o rótulo constitui um meio importante de informação que permite o comprador escolher o produto, em função da prescrição de como conservar e consumir.

Aconselhou os comerciantes a optarem pelos produtos que trazem rótulos escritos em língua portuguesa, ilustrando o nome do alimento, quantidade ou peso, data de validade, lote, ingredientes, produtor, alérgicos, data de fabrico, condições de conservação e dados nutricionais.

Reconheceu haver uma relativa mudança de comportamento da população local quanto a cultura de denúncia, em relação aos anos anteriores.

Sem revelar os dados do igual período anterior, apontou que a postura dos consumidores permitiu a denúncia de Janeiro até a presente data de sete anomalias e 10 reclamações sobre as transgressões comerciais.

Indicou que no ano passado (2019), o sector havia recebido, 28 denúncias sobre as irregularidades.

Prometeu que o Inadec vai continuar a intensificar as acções de sensibilização da população para elevar a cultura de denúncia, bem como da comercialização do livro de reclamações do consumidor. Desde o seu lançamento, em 2018, a instituição já vendeu 390 livros.

O Inadec é uma instituição pública vocacionada na promoção da política de salvaguarda dos direitos dos consumidores, bem como coordenar e executar as medidas tendentes a protecção, informação, educação e de apoio as suas organizações.

Leia também
  • 18/03/2020 17:02:13

    Autoridades do Cuanza Norte apostam no fomento da avicultura

    Ndalatando - Cerca de trezentos pintos para o fomento da avicultura familiar foram distribuídos nesta quarta-feira, a 15 famílias da localidade da Quirima do Hola, no município de Cazengo, no quadro do programa do governo local de fomento da actividade e redução da pobreza no seio das comunidades rurais.

  • 18/03/2020 13:51:04

    Persiste diferendo entre Endiama e ex-trabalhadores mineiros

    Luanda - Um grupo de dois mil e 378 ex-trabalhadores dos projectos mineiros paralisados, em 2008, da Sociedade Mineira do Luachimo (SML), Yetwene, Fucaúma, Luxinge e Luarica, Lunda Norte, ameaçam manifestar-se junto às instalações da Empresa Nacional de Diamantes de Angola( Endiama E.P), por suposto incumprimento dos acordos estabelecidos.

  • 17/03/2020 21:43:35

    Clientes da EPAS devem mais de AKz 100 milhões

    Saurimo - Cento e quarenta e cinco milhões de Kwanzas é o valor da dívida acumulada pelos clientes da Empresa Provincial de Águas e Saneamento (EPAS) na Lunda Sul, por incumprimento no pagamento do consumo.