Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

27 Março de 2020 | 16h25 - Actualizado em 27 Março de 2020 | 16h24

SONANGOL anuncia reabastecimento dos postos de venda de gás

Luanda- A Sociedade Nacional de Combustível de Angola (Sonangol) anunciou, nesta sexta-feira, em Luanda, que já começou a fazer o reabastecimento dos postos de venda de gás, face ao aumento da procura do produto no mercado.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

posto de venda de gás

Foto: leolpoldo Viana

Nas últimas horas tem sido registados em Luanda várias enchentes nos postos de abastecimento, numa altura em que a Sonangol nega haver ruptura de stock.

Afirma que a compra exagerada de gás de cozinha pelos utentes está a causar o aumento da procura e a escassez nos postos de venda.

O director do Gabinete de Comunicação e Imagem da Sonangol, Dionísio Rocha,  disse à ANGOP não haver falta de gás de cozinha no país, garantindo que mais botijas serão postas em circulação.

De acordo com Dionísio Rocha, se os consumidores voltarem a efectuar o consumo normal de gás notar- se-á que o produto está disponível para todos.

Aventou ainda a possibilidade de haver pessoas oportunistas  a comprarem o gás de cozinha em grandes quantidades para serem revendidos, a preços altos no mercado paralelo, uma situação que vai obrigar os órgãos afins para repor a normalidade.

Dionísio Rocha chama também a atenção dos consumidores no sentido de não armazenarem várias botijas de gás dentro das residentes, tendo em conta o perigo que possam causar.

A Sonangol em comunicado público de sexta- feira diz que continuarão em plena actividade,  abastecendo de forma normal  os combustíveis líquidos e gasosos, em todo o País,  não obstante as medidas de combate ao Covid-19, recentemente anunciadas pelo Executivo.

Refere que as bombas de combustível e os lugares habituais de venda de gás doméstico continuarão a funcionar, observando rigorosamente as medidas de segurança recomendadas.

A Sonangol  diz  não haver razão para as filas que se registam no  momento, assim como outras reacções, alimentadas pelo receio de uma eventual escassez de gás doméstico, gasolina ou gasóleo.

Entretanto, apela a todos cidadãos que, ao lidarem com os funcionários escalados para a manutenção das actividades acima referidas, nos mais variados pontos de venda em todo o território nacional, a observarem, com rigor ,todas as medidas de segurança.

No quadro do Estado de Emergência Decretado pelo Presidente da República, João Lourenço, observou--se, nas últimas horas, longas filas no pontos de venda de gás de cozinha, motivando os revendedores oportunistas a aumentarem o preço para três mil kwanzas a botija de seis quilogramas, ao contrario dos mil e duzentos kwanzas oficiais.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 27/03/2020 13:47:39

    Finanças com aval para iniciar revisão do OGE 2020

    Luanda - O Ministério das Finanças tem autorização para iniciar o processo de revisão do Orçamento Geral do Estado (OGE) 2020, refere o Comunicado final da sessão desta sexta-feira do Conselho de Ministros.

  • 26/03/2020 18:03:24

    Governo da Lunda Sul e Catoca assinam protocolo de cooperação

    Saurimo - Um protocolo geral de cooperação entre o Governo da Lunda Sul e a Sociedade Mineira de Catoca, para criação de acções e programas de desenvolvimento, foi formalizado esta quinta-feira, em Saurimo.

  • 24/03/2020 11:35:14

    Sorteados terrenos infra-estruturados do Kilamba

    Luanda - Os 560 lotes destinados aos cidadãos que se inscreveram de forma presencial e/ou via internet para a aquisição de terrenos infra-estruturados no Kilamba foram sorteados hoje, terça-feira, em Luanda.