Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

23 Maio de 2020 | 16h50 - Actualizado em 25 Maio de 2020 | 12h10

Campanha agrícola com sinais de melhorias, depois da seca

Ondjiva - A província do Cunene registou, até agora, uma colheita de 65 mil toneladas de produtos diversos, na presente campanha agrícola, depois de um ano de seca severa, ocorrida de Outubro de 2018 a Outubro de 2019.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A previsão até Julho, final da campanha 2019/2020, é colher 85 mil toneladas de milho e massango, segundo o director da Agricultura no Cunene, Pedro Tibério, que falava à Angop.

Para esta campanha agrícola, foram preparados 250 mil hectares, distribuídos em 120 mil famílias camponesas. Foram, também, disponibilizadas 130 toneladas de sementes diversas, cinco mil charruas, mil e 500 catanas, 900 enxadas europeias, 600 limas e 250 machados.

Este ano, a província registou chuvas regulares, o que permitiu uma produção agrícola razoável em relação à campanha de  2018/2019, período em que enfrentou  uma seca severa e não houve colheita.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 11/05/2020 15:12:26

    BNI apresenta aplicativo para transações via telemóvel

    Ondjiva - O Banco BNI realizou hoje, na cidade de Ondjiva, um seminário sobre o aplicativo BNIX nas transacções comerciais, via telefone, com o propósito de reduzir o uso do dinheiro físico em circulação.

  • 01/04/2020 16:30:07

    Secretário de Estado quer denúncia contra especulação de preços

    Ondjiva - O secretário de Estado do Comércio, Amadeu Nunes, aconselhou, nesta quarta-feira, em Ondjiva, província do Cunene, a população a denunciar a especulação de preços dos bens da cesta básica.

  • 16/03/2020 01:25:57

    INADEC quer denúncia de especulação de preços

    Ondjiva - O director do Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (INADEC) no Cunene, Bernardo Hilundilwa, exortou domingo, em Ondjiva, os consumidores a fazer denúncia sempre que constatarem especulação de preços dos produtos, para o organismo tomar as medidas necessárias.