Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

27 Maio de 2020 | 17h55 - Actualizado em 27 Maio de 2020 | 19h39

Covid-19: Reabertos restaurantes em Mbanza Kongo

Mbanza Kongo - Quase 50 por cento das unidades de restauração e similares reabriram os seus serviços na cidade de Mbanza Kongo, capital da província do Zaire, no segundo dia da entrada em vigor da situação de calamidade no país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A reabertura desses serviços, que ficaram quase dois meses encerrados por conta do estado de emergência, que vigorou no país de 27 de Março a 25 de Maio do corrente ano, está a ser marcada por pouca procura por parte dos clientes.

O reduzido número de clientes nesses locais, segundo apurou à Angop, deve-se ao receio da covid-19, apesar de a província estar sem registo de casos positivos desta pandemia.

Entretanto, os estabelecimentos visitados reúnem as condições de higienização, nomeadamente fontes para a lavagem das mãos com água e sabão e álcool em gel, na entrada.

Afonso Walengue, gerente do restaurante Amizade, reconheceu haver medo entre os clientes em voltar a frequentar locais públicos, frisando que até a essa altura foram atendidos apenas quatro destes, contra os 50 que frequentavam o espaço diariamente, antes do confinamento.

Lázaro Dongo, também gerente, manifestou-se optimista quando à reconquista da clientela, frisando que vai apostar na melhoria da qualidade do serviço prestado.

Apontou o reforço das medidas de protecção individual e colectiva contra a covid-19, frisando que uma das principais exigências é o uso obrigatório das máscaras faciais pelos funcionários e clientes.

Já o gerente do restaurante Pratos da Terra, António Fernandes, admitiu que os prejuízos durante os dois meses do período de emergência estão avaliados em mais de três milhões de Kwanzas.

A nível da cidade de Mbanza Kongo contabilizam-se cerca de 15 unidades de restauração de pequena e média dimensão licenciadas.

Os preços praticados variam entre mil e 500 e dois mil Kwanzas por prato, com destaque para a culinária local.

Assuntos Província » Zaire  

Leia também
  • 27/05/2020 14:15:28

    Empresas assinam memorando de alívio económico

    Luanda - Várias empresas das províncias de Luanda, Zaire, Cuanza Sul, Bié, Bengo, Malanje e Huambo assinaram hoje (qaurta-feira) um memorando de entendimento com o Inapem e o Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA), para acesso ao crédito no quadro das medidas de alívio económico, para mitigar os efeitos nefastos que a Covid-19 está a causar na tesouraria das empresas.

  • 27/05/2020 12:31:34

    Degradação da estrada Mbanza Kongo/Nzeto preocupa automobilistas

    Mbanza Kongo - O surgimento de buracos ao longo da estrada nacional 210, que liga a cidade de Mbanza Kongo ao município do Nzeto, província do Zaire, está a preocupar os automobilistas que circulam neste troço rodoviário de aproximadamente 230 quilómetros.

  • 24/05/2020 13:00:39

    Polícia apreende valores monetários em contrabando

    M'banza Kongo - Dois mil e 500 dólares norte-americanos e 852 mil Kwanzas foram apreendidos, na madrugada deste domingo, pela Polícia de Guarda-Fronteira no município do Soyo, província do Zaire.