Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

29 Junho de 2020 | 14h51 - Actualizado em 29 Junho de 2020 | 16h06

ADRA distribui meios agrícolas às cooperativas

Huambo - A organização não-governamental Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA) distribuiu, este ano, na província do Huambo, meios agrícolas diversos a 12 cooperativas e 48 associações de camponeses, com vista a aumentarem os níveis de produtividade agrícola.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cidália Gomes, directora da ADRA

Foto: Júlio Vilinga

Segundo a directora desta ONG na província do Huambo, Cidália Gomes, em declarações à Angop, foram distribuídas 12 toneladas de adubo 12/24/12, outras 3.5 de sementes de babata-rena e 2.5 toneladas de semente de feijão manteiga, no âmbito do programa de fortalecimento da capacidade organizativa e produtiva.

A responsável informou que as cooperativas e associações beneficiaram ainda de sementes de repolho, cenoura, cebola e pimento, para produzirem, nesta época de cacimbo.

De igual modo, acrescentou, beneficiaram de um tractor com as respectivas alfaias, uma carrinha com capacidade para três toneladas, para ajudá-los no processo de preparação de terra e escoamento de produtos.

Para além destas acções, Cidália Gomes fez saber que a ADRA tem estado a prestar auxílio técnico aos membros das 12 cooperativas e das 48 associações de camponeses, para a diversificação da produção, para obterem melhores resultados na época de colheita.

“Independentemente de estarmos a fornecer fertilizantes químicos, temos vindo a consciencializar os produtores, de modo a que comecem a adoptar práticas mais ecológicas e sustentáveis, daí a promoção da formação para a produção de adubos orgânicos ou compostagem”, referiu.

Deste modo, a responsável deu a conhecer que, nesta época de cacimbo, a ADRA está a apoiar a reabilitação dos sistemas de rega, entre represas e valas, com o objectivo de manter os níveis de produção de hortícolas.

Assim, Cidália Gomes informou constar dos projectos da instituição que dirige, nos próximos meses, a distribuição de moto-bombas, para as áreas sem sistemas de rega, bem como de moto-carros, para o escoamento dos produtos.

Nesta região, a organização, com sede no município do Huambo, funciona nos municípios do Bailundo, Caála e Longonjo, onde assiste as 48 associações e 12 cooperativas de camponeses. Sendo que as suas acções beneficiam indirectamente um total de 2.595 produtores e 12.205 famílias.

A ADRA, fundada há 25 anos, funciona nas províncias do Huambo, Malanje, Huíla, Cunene e Luanda, sendo esta última a sede da instituição, que tem por objectivo contribuir para o desenvolvimento rural, democrático, sustentável e ambiental, processo de reconciliação nacional e da paz.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 25/06/2020 17:29:46

    Mais de 100 empresas aderem aos projectos de financiamento do governo

    Huambo - Centro e quatro empresas da província do Huambo manifestaram, até ao momento, o interesse de aderirem aos projectos de financiamento do governo angolano, com o objectivo de alargarem os níveis de negócio e contribuírem na elevação da produção nacional.

  • 25/06/2020 17:01:42

    Catorze mil e oito cabeças de gado bovino vacinadas na Caála

    Caála - Catorze mil e oito cabeças de gado bovino foram vacinadas, nos últimos nove dias, pelas autoridades do município da Caála (Huambo), para preveni-las de doenças como o carbúnculo hemático, sistemático, dermatite nodular e peripneumonia contagiosa.

  • 24/06/2020 15:16:03

    Produção avícola entre as apostas nas acções de combate à pobreza

    Huambo - Dois aviários, com capacidades para quatro mil galinhas, estão a ser construídos na estação experimental agrícola da Chianga, no município do Huambo, para produzir pintos que deverão ser distribuídos às famílias vulneráveis, no quadro das políticas de combate à pobreza.