Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

16 Julho de 2020 | 15h44 - Actualizado em 16 Julho de 2020 | 15h44

Captura de pescado baixa no Lobito

Lobito - A captura de pescado no primeiro semestre deste ano no município do Lobito, província de Benguela, fixou-se em 99 toneladas, contra mais de 100 do igual período do ano passado, informou hoje a directora local da Agricultura e Pescas, Maria Francisco.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Pesca artesanal

Foto: Henri Celso

Em declarações à Angop, a responsável adiantou que o período de veda à captura do carapau, que se observa de 1 de Junho até 31 de Agosto, terá contribuído nos baixos níveis de pescado, tal como as dificuldades financeiras dos armadores de pesca artesanal e ainda as constantes avarias das embarcações.

Maria Francisco disse que nos primeiros três meses do ano registou-se maior nível de captura, com 56 toneladas de pescado, ao passo que no segundo trimestre houve 43 toneladas.

Relativamente às espécies capturadas na orla marítima do Lobito, a directora da Agricultura e Pescas destacou, por exemplo, a sardinha, com 42 toneladas entre Janeiro e Março, assim como carapau, liro, corvina, pargo, bacalhau, “red fish” , azeite, espada e calamesso.

Sgundo a gestora das Pescas, 853 pescadores artesanais, auxiliados por 164 mulheres processadoras de pescado, e 77 embarcações de pesca, com e sem motor, contribuíram para a quantidade de pescado capturado de Janeiro até Junho do ano em curso, no Lobito.

Disse ainda que cinco cooperativas legalizadas, sendo quatro na sede do município do Lobito e uma na comuna do Egipto-Praia, dinamizam, actualmente, a actividade piscatória no ramo artesanal na orla marítima lobitanga.

Por outro lado, apontou que as zonas que asseguram a pesca artesanal, como fonte de renda para comunidades piscatórias do Lobito, são nomeadamente o Lobito Velho, Cabaia, Cassai e Restinga, na sede municipal, e no interior da localidade realce para o Egipto-Praia e Hanha do Norte.

Com uma extensão de 3.648 quilómetros quadrados, o Lobito tem mais de 400 mil habitantes.

Assuntos Pesca   Província » Benguela  

Leia também
  • 16/07/2020 15:25:05

    BNA apresenta nova família do Kwanza a membros do Minint

    Benguela - O Banco Nacional de Angola (BNA) procedeu hoje, quinta-feira, nesta cidade, a apresentação da nova família do Kwanza "série 2020", que entra em circulação a 30 do corrente, a membros do conselho consultivo da delegação do ministério Interior na província de Benguela.

  • 16/07/2020 10:14:02

    Pólo da Catumbela tem nova fábrica de recipientes plásticos

    Benguela - O Pólo de Desenvolvimento Industrial da Catumbela, na província de Benguela, conta com uma nova unidade de produção de recipientes (tanques) plásticos, utilizados como reservatórios de água e combustível, apurou hoje, quinta-feira, a Angop.

  • 15/07/2020 17:31:54

    Dezanove empresários aguardam por desembolsos em Benguela

    Benguela - Dezanove (19) operadores económicos da província de Benguela, dos 107 que inicialmente manifestaram interesse no programa de alívio económico definido pelo Executivo, aguardam que sejam feitos os respectivos desembolsos pela banca comercial, informou hoje, quarta-feira, o represente local do INAPEM, Lino Joaquim.