Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

13 Julho de 2020 | 12h41 - Actualizado em 13 Julho de 2020 | 12h41

Inadec quer reduzir fiscalização a estabelecimentos comerciais

Luanda - O Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (Inadec) pretende reduzir a fiscalização aos estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços mercantis por meio de formação dos agentes económicos, anunciou hoje, em Luada, a directora-geral adjunta, Anta Webba.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Segundo a responsável, para concretizar este objectivo têm vindo a realizar acções de formação e capacitação dos operadores económicos, sobretudo, em matéria de segurança alimentar.

De 2014 a Junho de 2020, detalhou a fonte, já realizaram 183 acções de formação a quatro mil e 278 formandos de mil e 636 empresas das áreas alimentares, com realce para panificação, produção de água e hotelaria e turismo.

Este ano, de Março a Junho, o INADEC promoveu 17 acções formativas para 358 trabalhadores de 80 empresas, mas apenas em Luanda por força da covid-19.

"As formações vão prosseguir somente em Luanda, tendo em conta as limitações decorrentes da pandemia", garantiu a directora geral adjunta.

A necessidade de melhores práticas de higiene e segurança alimentar e de atendimento aos consumidores constituem algumas das razões das formações.

Anta Webba afirmou também que querem conduzir os operadores económicos a transmitir confiança aos consumidores.

Por exemplo, disse, têm notado que ao cliente não é apresentado o livro de reclamações nem explicado o modo de usá-lo.

Esses factos, na óptica da sua instituição, beliscam o atendimento de excelência que pretendem e contrariam os objectivos de redução da acção fiscalizadora.

Leia também
  • 23/05/2020 16:21:33

    Comércio quer boa articulação para escoar produtos do campo

    Luanda - O ministro da Indústria e Comércio, Victor Fernandes, declarou hoje que os equipamentos existentes nos Centros Logísticos, sobretudo os de Luanda, mas que se encontram ociosos, devem estar ao serviço de toda cadeia de logística e distribuição dos produtos do campo.

  • 19/02/2020 17:01:56

    Inadec prepara ante-projecto do Código de Defesa do Consumidor

    Luanda - Um ante-projecto do Código de Defesa do Consumidor deverá será submetido à consulta pública nos próximos 60 dias pelo Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (Inadec), para recolher contribuições dos diferentes actores de sociedade, anunciou nesta quarta-feira, em Luanda, o director-geral adjunto do Inadec, Wassamba Neto.

  • 06/02/2020 13:16:22

    País antecipa adesão à janela única do comércio externo

    Luanda - Angola vai aderir à plataforma da Janela Única de Comércio Externo (JUCE) já a partir de 31 de Março próximo, antecipando assim a sua adesão a esta plataforma electrónica, que visa facilitar o movimento de mercadorias nas fronteiras informou hoje a chefe das operações do Ministério do Comércio, Augusta Fortes.