Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

30 Julho de 2020 | 18h31 - Actualizado em 30 Julho de 2020 | 18h31

Empresários destacam valia do PIIM na vida das empresas

Ndalatando - Empresários do Cuanza Norte consideraram, nesta quinta-feira, em Ndalatando, o Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) um "lufada de ar fresco e tábua de salvação do tecido empresarial nacional" que se encontrava à beira do colapso.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O Cuanza Norte conta com 91 projectos inscritos nas áreas de educação, saúde, vias de comunicação, infra-estruturas, saneamento básico, energia, segurança, obras públicas, entre outros, nos 10 municípios da província. Os projectos estão avaliados em Vinte e quatro mil milhões, 796 milhões, 136 mil e 309 kwanzas.

Do total de projectos inscritos estão em execução, desde Março ultimo, nos 10 municípios, 46 empreitadas aprovadas contratualmente e validadas pela Direcção Nacional de Contratação Pública, no valor de mais de 11 mil milhões de kwanzas.

A execução dessas obras gerou cerca de mil e 500 novos postos de trabalho para os jovens, número que poderá aumentar à medida que os trabalhos avançarem.

Em declarações à Angop no final de uma reunião entre o governador do Cuanza Norte, Adriano Mendes de Carvalho, e  os empreiteiros e fiscais envolvidos na implementação de obras inseridas no PIIM, os empresários avança que o projecto surge numa fase de capital improtância, visto que permitir a manutenção de empregos de muitos chefes de família e contribui no aumento das infra-estruturas sociais nas comunidades.  

Para o responsável da empresa PW Imóveis, Pedro Walter Neto, este programa é uma demonstração da acção governativa corajosa do Estado que evitou o desaparecimento de muitas empresas.

“ A chegada do PIIM, numa fase como está, é como um balão de oxigénio. Parabenizo o Executivo angolano pelo facto de ter tido a coragem de lançar este programa numa altura difícil da economia nacional”, frisou.

Para si, estar a participar na construção de obras inseridas no PIIM possibilitou a manutenção de 245 postos de trabalho e a criação de novos empregos.

Comungando a mesma ideia, o empreiteiro Fernando Dingano, da empresa “Kidingano Busness”, destacou a contribuição do PIIM no desenvolvimento das comunidades e melhoria dos índices de qualidade de vida das populações do país.

Fernando Dingano reconheceu que as infra-estruturas que estão a ser construídas irão alavancar a economia nacional, pelo que os empresários devem aproveitar essa oportunidade de participar de modo activo no desenvolvimento do país.

Referiu que se trata de um programa estruturado para criar benefícios a montante e a jusante, consistindo não só no lucro dos empresários, mas também na promoção da empregabilidade de jovens e o aumento da renda das famílias.

“ As obras do PIIM têm um orçamento aceitável é muitas empresas estavam a beira da falência e o lançamento deste programa alavancou algumas dessa empresas, por isso consideramos que o seu impacto é positivo”, sublinhou.

Lançado em Julho de 2019, o Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), prevê reconstruir e construir várias infra-estruturas económicas e sociais nos 164 municípios do país.

Uma iniciativa do Presidente da República, João Lourenço, o Plano conta com um financiamento equivalente, em kwanzas, a dois mil milhões de dólares do Fundo Soberano de Angola (FSDEA).

Leia também
  • 26/07/2020 22:31:09

    Projecto avícola distribui 11 mil pintos para criação

    Lucala - Onze mil pintos de raça rústica foram distribuídos aos criadores familiares dos municípios de Cazengo, Cambambe, Lucala e Ambaca, no âmbito do programa do governo do Cuanza Norte de relançamento do projecto integrado de avicultura familiar orientado para o mercado.

  • 23/07/2020 14:39:11

    Preço do café estimula produção no Cuanza Norte

    Ndalatando - Variações positivas no preço do café está a despertar o interesse e incentivar os produtores locais a apostar mais na produção, informou hoje, na província do Cuanza Norte, o chefe do Departamento Provincial do Instituto Nacional do Café (INCA), José da Costa Neto.

  • 23/07/2020 14:11:05

    Golungo Alto prevê investir AKz 18 milhões no fomento da agricultura

    Golungo Alto - Dezoito milhões de Kwanzas é o montante previsto pela Administração Municipal do Golungo Alto, província do Cuanza Norte, para apoiar os produtores durante a campanha agrícola 2020/2021, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos município (PIIM).