Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

08 Setembro de 2020 | 19h00 - Actualizado em 09 Setembro de 2020 | 09h51

Mosap II restaura valas de irrigação no Bié

Cuito - O Projecto de Desenvolvimento da Agricultura Familiar e Comercialização (MOSAP II) começou nesta segunda-feira a reabilitar e construir de raíz, no Andulo, Chitembo e Cuito (Bié) três novas valas de irrigação, com o lançamento da primeira pedra na aldeia de Nguli.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O  coordenador local do MOSAP II, Guilherme Chivinda, disse hoje à Angop que a  restauração das valas de irrigação visa abastecer em todas as épocas (seca e chuvosa) os mercados locais com hortícolas como tomate, cebola, alho, repolho, pimento, couves,  entre outros, devido a escassez que se regista em algum período.

A semelhança do projecto do Nguli a 17 quilómetros do Cuito, a fonte apontou que as obras das valas do Andulo e do Chitembo, a serem lançados terça-feira e quarta-feira da próxima semana, terão também uma duração de três meses.

As obras do Nguli estão avaliadas em 165 mil 921 dólares americanos, num financiamento do Banco Mundial (BM).

Entretanto, Sebastião Domingos, em nome da cooperativa do Nguli, destacou a recuperação daquele sistema de irrigação, porquanto o mesmo existe desde 1957 sem beneficiar de algum reparo e que será revestida de betão numa extensão de mil 700 metros.


 

Leia também
  • 08/09/2020 18:12:19

    Angola dá passos para digitalizar dados da agricultura

    Luanda - O Fundo das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) está a apoiar Angola a digitalizar os dados dos subsectores da agricultura, pescas e sistemas de produção rural, para identificar os principais desafios e oportunidades no contexto actual.

  • 08/09/2020 12:31:07

    ACNUR constroi mercado no Campo do Lóvua

    Lóvua - Com objectivo de reduzir significativamente a dependência de sobrevivência dos refugiados assentados no Campo do Lóvua, o escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), na Lunda Norte, construiu um mercado no local para, entre outros, comercializar produtos agrícolas.

  • 07/09/2020 19:18:26

    Ministro apela aposta no agronegócio para aumento da produção

    Luanda - O ministro da Agricultura e Pescas, António Francisco de Assis, apelou hoje, em Luanda, ao empresariado nacional a investir no sector de agronegócio, visando aumentar a produção alimentar.