Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

14 Setembro de 2020 | 14h30 - Actualizado em 14 Setembro de 2020 | 14h30

AGT desburocratiza emissão de Certidão de não Devedor

Luanda - A Administração Geral Tributaria (AGT) garante a partir de agora emitir a Certidão de não Devedor num prazo de 24 horas a contar da data de recepção do requerimento.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Fachada do Edifício da AGT

Foto: Rosario dos Santos

De acordo com o instrutivo sobre os procedimentos relativos à emissão da Certidão de não Devedor e Cessão da Actividade de Contribuintes, a que a Angop teve acesso, a medida vem clarificar  e uniformizar os procedimentos aplicáveis ao processo de solicitação dos referidos documentos.

Assinado pelo presidente do Conselho de Administração, Cláudio Paulino dos Santos, o instrutivo  indica que sempre que o serviço regional tributário não se pronuncie sobre a situação do contribuinte no prazo das 24 hora, por dificuldades de comunicação e outros constrangimentos, a Repartição Fiscal deve emitir a Certidão de não Devedor, exarando, posteriormente, uma notificação nos casos em que a alteração da situação tributária justifique.

Nesses casos, refere o documento, o contribuinte não fica isento de  inspecções tributarias a executar, nem  de outras dívidas ou obrigações que possam  ser  apuradas em momentos posteriores.

Para a emissão de Certidão de não Devedor são considerados os  impostos anuais (Industrial e do Rendimento de Trabalho, IRT), para os grupos B e C.

Os impostos mensais são considerados em falta (dívida) apenas nas situações em que o atraso no pagamento seja superior a três meses.

“A certidão deve ser emitida ainda que o contribuinte esteja a cumprir o plano de pagamento parcelar de dívidas tributarias”, lê-se no documento.

No caso de incumprimento, pelo contribuinte (não pagamento em prestações de qualquer parcela), a Certidão de não Devedor não será emitida, adverte a Autoridade Tributária.

A AGT avança que também é permitida a emissão do referido documento nas situações em que o contribuinte reconheça a dívida e assuma, mediante termo lavrado com base na Lei, o compromisso da sua liquidação e pagamento, sendo esse procedimento unicamente aplicável para fins de obtenção ou solicitação de crédito bancário.

Com o instrutivo, o Ministério da Economia e Planeamento poderá intervir menos,  junto da AGT, para  apoiar os empresários na aquisição do referido documento, no quadro da estratégia da produção nacional.

A Certidão de não Devedor é um documento emitido pela Repartição Fiscal. Tem por objectivo atestar que o contribuinte não deve tributo ao Estado.

Leia também
  • 10/09/2020 19:19:04

    Economia e Planeamento tem mais de quatro mil pedidos de acesso ao crédito (ERRATA)

    Luanda - Quatro mil e 753 pedidos de apoio para acesso ao crédito, no âmbito do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI), estão registados no Ministério da Economia e Planeamento (MEP).

  • 08/07/2020 18:33:20

    Vera Daves encoraja parcerias multilaterais

    Luanda - A ministra das Finanças, Vera Daves, considerou "frutífera" a parceria estabelecida entre Angola e as instituições multilaterais e bilaterais, no quadro das reformas em curso no país, para a captação de investimento privado.

  • 01/07/2020 13:36:40

    Pagamento da dívida pelo Minfin desafoga empresas

    Benguela - O sector empresarial privado de Benguela regista actualmente um alívio, devido ao pagamento pelo Ministério das Finanças (Minfin) de 31, 6 mil milhões, dos 48 mil milhões de kwanzas da dívida validada, contraída entre 2013 e 2017, soube hoje a Angop de fonte governamental.