Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

25 Setembro de 2020 | 23h07 - Actualizado em 25 Setembro de 2020 | 23h06

Novo director do BM para Angola apresenta-se às autoridades

Luanda - O novo director do Banco Mundial para Angola, Jean-Chistophe Carret, chega ao país segunda-feira, para uma visita de quatro dias.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Segundo a instituição, Jean-Chistophe Carret terá encontros com várias entidades governamentais do sector económico e social, bem como com técnicos de algumas unidades de implementação de projectos financiados pelo Banco Mundial.

De nacionalidade francesa, Jean-Chistophe Carret substitui Abdoulaye Seck, que foi, até 30 de Julho deste ano, o director do BM para Angola.

O oficial juntou- se ao BM em 2005 como economista de recursos naturais, no Departamento de Ambiente e Desenvolvimento Social  da região africana.

Ocupou vários funções, entre as quais o de representante em Laos e na República Centro Africana.

Mais recentemente, de acordo com o documento a que Angop teve acesso, ocupou o cargo de director do Banco Mundial para as  repúblicas Democrática do Congo (RDC), do Congo, Burundi e da República Centro Africana.

Com o objectivo de dar apoio mais adequado aos países da região, desde o dia 01 de Julho deste ano, a estrutura de gestão da carteira do BM em África foi dividida em duas sub-regiões, com duas vice-presidências.

Jean-Chistophe Carret responde por Angola, São Tomé e Príncipe, Burundi e RDC.

Para apoiar projectos em 48 países da África Subsaariana, incluindo Angola, o BM deverá providenciar, este ano, empréstimos na ordem de 50 mil milhões de dólares norte-americanos.

No âmbito do Plano Nacional de Desenvolvimento (PND 2018-2022) prevê disponibilizar, este ano, 200 milhões de dólares para apoiar projectos no sector da Educação.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 25/09/2020 16:15:43

    "Em 2021, daremos passos muito concretos para a privatização de activos"

    Luana - O secretário de Estado para as Finanças e Tesouro e Coordenador do Grupo Técnico do Propriv, Osvaldo João, afirmou, em entrevista à ANGOP, que o Estado angolano dará passos muito concretos, em 2021, para a privatização de activos.

  • 24/09/2020 13:19:03

    INE recenseia 65 mil empresas em seis meses

    Luanda - O processo de Recenseamento de Empresas e Estabelecimentos (REMPE), em curso desde o no último mês de Março, contabilizou 65 mil empresas e estabelecimentos em todo país, anunciou, nesta quinta-feira, em Luanda, o director-geral do Instituto Nacional de Estatística (INE), Camilo Ceita.

  • 23/09/2020 20:10:46

    Crédito concedido em moeda estrangeira é convertido em Kwanzas

    Luanda - O Banco Nacional de Angola (BNA) orientou, nesta quarta-feira, os bancos comerciais a converterem o crédito à habitação, concedido a particulares em moeda Estrangeira, em moeda nacional (Kwanzas).