Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

10 Outubro de 2020 | 17h12 - Actualizado em 10 Outubro de 2020 | 17h12

Camponeses de Sanza Pombo recebem Kits

Uíge - Duzentos camponeses ex-militares associados do Sanza Pombo, província do Uíge, receberam kits de produção agrícola com vários equipamentos e meios de trabalho, no âmbito da abertura do ano agrícola 2020-21 no país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Durante o acto simbólico, foram entregues 100 enxadas, 100 apas, duas moto-cultivadoras, duas moto-sisternas de águas, 25 toneladass de sementes de arroz, 20 de milho branco e 20 de milho amarelo.

Beneficiaram ainda 67 hectares de terra macanizada, destinadas ao cultivo de arroz, milho, mandioca e outros produtos hortofruticolas.

Durante a cerimónia, o director da Agricultura e Pescas do Uíge, Eduardo Gomes, refeririu que o gesto é uma acção do Governo para apoiar os camponeses com a preparação das terras, oferta de sementes e outros bens.

Pretende-se ainda contribuir no aumentar do rendimento económico das familias rurais, com a envolvência de 51 cooperativas, 868 associações e 228 mil explorações de terra familiar.

No mesmo quadro, mil e 400 pintos para o fomento da produção de aves de corte e poedeiras foram entregues a 27 famílias rurais dos municípios de Negage, Puri e Sanza Pombo, no âmbito das acções do Executivo para o combate à fome e à pobreza e garantir a segurança alimentar e nutricional nas comunidades.

Dos pintos entregues, 420 foram para o Negage, igual número para o Puri e 560 ao Sanza Pombo.

Leia também
  • 09/10/2020 21:15:56

    Angola nas reuniões anuais do Banco Mundial e FMI

    Luanda - Angola participa, com uma delegação chefiada pela ministra das Finanças, Vera Daves, nas tradicionais reuniões anuais do Banco Mundial (BM) e do Fundo Monetário Internacional (FMI), que decorrem de 12 a 17 deste mês (Outubro).

  • 09/10/2020 20:45:57

    "O café é a nova batida de Angola"

    Luanda - O director-geral da Angonabeiro, Miguel Carvalho, afirmou, em Luanda, que o café de Angola ainda não perdeu a reputação de produto de qualidade, sendo, por isso, procurado internacionalmente e susceptível de gerar riquezas.

  • 09/10/2020 20:24:04

    Estados africanos precisam mais USD 1,2 biliões até 2023

    Luanda - A directora-geral do Fundo Monetário Internacional, Kristalina Georgieva, declarou esta sexta-feira, que apesar dos grandes ajustes internos, os estados africanos, incluindo Angola, ainda enfrentam necessidades de financiamento de 1,2 biliões de dólares até 2023.