Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

15 Outubro de 2020 | 15h39 - Actualizado em 15 Outubro de 2020 | 15h38

Barragem do Luachimo começa a gerar energia em 2021

Dundo - A barragem hidroeléctrica do Luachimo, na província da Lunda Norte, cujas obras de ampliação estão em curso desde Fevereiro de 2016, começa a gerar energia eléctrica a partir do primeiro semestre de 2021.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

LUNDA NORTEL: OBRAS DA BARRAGEM DO LUACHIMO (ARQUIVO)

Foto: HÉLDER DIAS

A informação foi avançada hoje, quinta-feira, pelo director do projecto, Joaquim Garcia, quando falava à imprensa a propósito do grau de execução da empreitada, avaliada em mais de 212 milhões de dólares.

Fez saber que a execução física do projecto ronda acima dos 90 por cento, faltando apenas concluir as bases para a colocação das turbinas e montagem das comportas, para posteriormente dar-se início aos trabalhos mecânicos, consubstanciados na instalação de  painéis, sistema de videovigilância, transformadores, salas de comando, entre outras acções.

“As obras de ampliação da barragem decorrem a bom ritmo e vai permitir elevar de 8,4 para 34 megawatts (MW) a capacidade de energergia eléctrica fornecida pela infra-estrutura. Se não houver imprevistos, a Lunda Norte deixará de depender 100 por cento das centrais térmicas”; salientou.

Actualmente 17 mil e 950 clientes, dos quais 13.250 no sistema pós-pago e 4.700 pré-pago, beneficiam de energia eléctrica da rede pública no município de Chitato, através de uma central térmica com 30 megawatts, enquanto os nove municípios do interior são abastecidos com grupos geradores, beneficiando pouco menos de dez mil famílias.

A entrada em funcionamento do projecto energético, que contará com uma central composta por quatro grupos geradores de 8.5 megawatts cada, vai permitir a expansão de energia, que beneficiará 186 mil pessoas residentes na cidade do Dundo e nos municípios de Cambulo e Lucapa, incluindo as localidades de Fucauma, Cassanguidi, Luxilo e Calonda.

A construção da barragem hidroeléctrica de Luachimo data de 1950. Entrou em funcionamento em 1957.

Leia também