Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

12 Outubro de 2020 | 19h18 - Actualizado em 12 Outubro de 2020 | 19h18

Estrada de acesso à vila do Nóqui começa a ser asfaltada

Mbanza Kongo - Os cento e quatro quilómetros da estrada nacional 120 (EN120), que ligam a localidade do Nkoko, município de Mbanza Kongo à vila fronteiriça do Nóqui, província do Zaire, começam a ser asfaltados este mês, no quadro do Programa de Reabilitação de Infra-estruturas Rodoviárias do Executivo angolano.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Estrada do Nóqui começa a ser asfaltada

Foto: Joaquim Tomás

A cargo das empresas Tecnovia-Angola e Engevia, as obras de reabilitação deste troço rodoviário que contemplam também a construção de três pontes sobre os rios Luvo, Mpozo e Lué, estão orçadas em 66 mil milhões, 43 milhões, 292 mil e 881 Kwanzas. Os trabalhos terão a duração de 24 meses.

Segundo dados recolhidos no acto de consignação deste eixo rodoviário de acesso à fronteira com a RDC, a estrada terá nove metros de largura, com duas faixas de rodagem de 3,5 metros cada e um metro de berma em cada sentido.

Os primeiros 51 quilómetros de estrada entre a localidade do Nkoko e a sede comunal do Mpala foram adjudicados à empresa Tecnovia-Angola, ao passo que os 52 quilómetros do traçado Mpala à Vila do Nóqui serão executados pela empresa Engevia. Duas empresas foram contratadas para fiscalizar as obras, nomeadamente Prafis e Tatop.

A empreitada vai gerar 350 postos de trabalho directo para a juventude local e contribuirá no desenvolvimento socioeconómico do município fronteiriço do Nóqui.

No acto de consignação da empreitada, o ministro das Obras Públicas e Ordenamento do Território, Manuel Tavares, disse que o seu ministério vai continuar a fazer advocacia junto das autoridades centrais na disponibilização de mais verbas para que outros projectos ligados à estrada nesta parcela do território nacional sejam executados e concluídos nos prazos estabelecidos.

Pediu às empresas a quem foram adjudicadas as empreitadas a cumprirem com os prazos contratuais para melhorar a circulação rodoviária entre o Nóqui e o resto do país.

Por sua vez, o governador do Zaire, Pedro Makita Armando Júlia, disse que para além de tornar fluida a circulação na estrada nacional 120, a estrada de acesso ao município do Nóqui vai também dinamizar as trocas comerciais entre Angola e RDC.

A reabilitação da estrada Mbanza Kongo/Nóqui começou em 2012, tendo sido asfaltados 40 quilómetros, dos 165 previstos, cujas obras foram interrompidas em 2015 por causa da crise económica e financeira.

Assuntos Estradas   Província » Zaire  

Leia também
  • 09/10/2020 18:29:43

    Cooperativas recebem embarcações de pesca no Nzeto

    Mbanza Kongo - Dez embarcações de pesca artesanal, acopladas com os respectivos motores à popa e outros artefactos, foram entregues esta sexta-feira a igual número de cooperativas do município do Nzeto, província do Zaire, pelo Ministério da Agricultura e Pescas.

  • 30/09/2020 18:22:12

    Primeira edição da feira do campo reúne 14 expositores

    Mbanza Kongo - Catorze cooperativas e associações agrícolas do município de Mbanza Kongo, província do Zaire, expõem desde hoje, quarta-feira, no mercado municipal da Bela Vista, uma diversificada gama de produtos produzidos localmente.

  • 26/09/2020 06:01:50

    Apreendidos mais de dois mil litros de combustível no Zaire

    Mbanza Kongo - Dois mil e 950 litros de combustível com destino à República Democrática do Congo (RDC) foram apreendidos, na madrugada de sexta-feira, no município do Soyo, província do Zaire, por presumível contrabando.