Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

19 Outubro de 2011 | 13h04 - Actualizado em 19 Outubro de 2011 | 13h04

Alfabetizadas mais de mil pessoas no município de Capenda-Camulemba

Lunda Norte

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

                        

Capenda-Camulemba - Mil e 300 pessoas foram alfabetizadas no presente ano, no Capenda-Camulemba, a 500 quilómetros da cidade do Dundo, província da Lunda Norte, no quadro do Programa Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza, anunciou hoje, quarta-feira, o seu administrador, Jorge Sassupe.

Em breves declarações à imprensa, o responsável precisou que este trabalho foi assegurado por 30 alfabetizadores, em igual número de salas de alfabetização, e visou habilitar cidadãos que, por diversos motivos, não sabiam ler e escrever.

Referiu que, das 1300 pessoas que frequentaram aulas de alfabetização, 755 são mulheres de diversas faixas etárias e estracto social.

Por outro lado, informou que, frequentam o presente ano lectivo que termina em Novembro,  6.480 alunos, incluindo 2.481 do sexo feminino.

O sistema normal de ensino no município é assegurado por 15 escolas com 29 salas de aulas e 73 anexas e 165 professores.

O administrador de Capenda-Camulemba falou que a rede hospitalar da circunscrição conta com 36 técnicos, dos quais 18 básicos de enfermagem e 18 administrativos, bem como um médico de clínica geral.

O município possui um centro de saúde e dois postos médicos, com uma população estimada em 87.435 habitantes, maioritariamente camponesa.

Leia também