Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

28 Novembro de 2013 | 03h07 - Actualizado em 28 Novembro de 2013 | 02h33

Município de Cazengo carece de 600 professores

Ndalatando - O município de Cazengo, sede da província do Kwanza Norte, carece actualmente de 600 professores, visando dar resposta a actividade docente e garantir a cobertura integral da rede escolar na região, afirmou a responsável da repartição da educação na circunscrição, Cupertina Dias da Silva.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à Angop em Ndalatando, Cupertina Dias da Silva disse que o sector da educação no município de Cazengo conta actualmente com um quadro de recursos humanos constituído por mil, 676 professores, número que considerou de insuficiente, para atender a demanda de alunos matriculados todos os anos na localidade.

Referiu que, a par da necessidade do enquadramento de novos professores, a instituição vai prestar igualmente, uma atenção especial ao perfil do pessoal que pretender aderir à actividade docente.

A responsável mostrou-se preocupada com a insuficiência verificada no desempenho de alguns professores que leccionam sem planos de aulas ou que desconhecem as normas de elaboração de tal documento pedagógico, que faltam ao serviço sem necessidade ou dão aulas embriagados.

Face o impacto da actividade docente na formação do homem novo, a responsável disse que a repartição municipal de educação tem estado empenhada no reforço das acções de inspecção visando avaliar e corrigir eventuais falhas que sejam registadas durante a actividade docente, sobretudo no que concerne a pontualidade e assiduidade.

No capítulo das infra-estruturas, Cupertina Dias da Silva disse que o município de Cazengo conta actualmente com uma rede escolar constituída por 52 escolas, que compreendem um universo de 318 salas de aulas.

O município de Cazengo (sede do Kwanza Norte) que é administrativamente constituído por duas comunas, nomeadamente, Ndalatando e Canhoca, conta com uma extensão territorial de 1.793 quilómetros quadrados e uma população estimada em cerca de 160 mil habitantes.

Leia também
  • 07/02/2019 05:13:10

    Aldeia de Canguenhe ganha escola do ensino primário

    Dondo - A aldeia de Canguenhe, no município de Cambambe, província do Cuanza Norte, conta desde quarta-feira com a sua primeira escola do ensino primário, com quatro salas de aulas, capaz de albergar 250 alunos em dois turnos.

  • 07/02/2019 00:27:19

    Actividades científicas devem responder os desafios de desenvolvimento do país

    Huambo - As actividades científicas realizadas pelas instituições de ensino universitário do país devem, necessariamente, responder os desafios de desenvolvimento nacional, recomendou, quarta-feira, na província do Huambo, o secretário de estado para a ciência, tecnologia e Inovação, Domingos da Silva Neto.

  • 06/02/2019 02:07:52

    Cuanza Norte: Polícia Nacional devolve mobiliários escolares roubados

    Ndalatando - Pelo menos mil e 147 mobiliários escolares diversos, que haviam sido roubados em várias escolas de Ndalatando, sede da província do Cuanza Norte, foram devolvidas terça-feira, ao Gabinete Provincial da Educação, pela Brigada de Segurança Escolar da Polícia Nacional.

  • 05/02/2019 21:33:19

    Alunos e professores do Huambo comparecem em massa no 1º dia de aulas

    Huambo - O primeiro dia de aulas do presente ano lectivo no sub-sistema de ensino de base foi marcado, na província do Huambo, por uma afluência massiva de alunos e professores nas escolas.