Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

19 Fevereiro de 2014 | 13h48 - Actualizado em 19 Fevereiro de 2014 | 13h48

Huíla: Administrador da Jamba lança ultimato a professores faltosos

Jamba- Os professores do município da Jamba, província da Huíla, que até ao momento, três semanas depois do inicio do ano lectivo, continuam ausentes dos seus locais de trabalho devem fazê-lo nas próximas horas, caso contrário verão os seus contratos rescindidos, afirmou hoje, o administrador local, Miguel Cassela.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

 

Em declarações à Angop, Miguel Cassela disse que regularmente os professores do município da Jamba ficam cerca de um mês na cidade do Lubango, de onde maior parte tem origem, prejudicado o sistema normal de ensino.

Segundo o administrador, as aulas iniciaram e quem não se apresentar será afastado ou punido com perca de salário, de acordo com a Lei Geral do Trabalho. Apelou os professores a não prejudicarem os alunos com atitudes irresponsáveis, devendo apresentar-se já ao trabalho.

No presente ano lectivo foram matriculados 31 mil alunos no município que dista a 315 quilómetros a leste do Lubango, contra os 26 mil e 238 alunos que frequentaram aulas em 2013.

Novecentos e 986 professores são controlados na vila mineira.  

Assuntos Província » Huíla  

Leia também
  • 20/11/2018 17:54:08

    Docente aconselha professores a investir no auto-didactismo

    Lubango - O docente universitário Carlos Cardoso aconselhou hoje, terça-feira, na cidade do Lubango, província da Huíla, os professores angolanos a investirem no auto-didactismo, em matérias de pedagogia e em outras disciplinas, para ser profissionais mais competentes.

  • 17/11/2018 16:50:10

    Disponíveis Usd 40 mil para projectos tecnológicos

    Lubango - Quarenta mil dólares norte-americanos foram disponibilizados este ano pelo governo angolano, por meio do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), à Universidade Mandume Ya Ndmofayo, para apoiar projectos de desenvolvimento em ciências e tecnologias que contribuam para a solução de problemas sociais.

  • 16/11/2018 11:54:41

    ISCED lança primeiros licenciados de Educação Física

    Lubango - Quarenta e um licenciados concluíram a formação em Educação Física, tornando-se nos primeiros a serem formados pelo Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED) da Huíla nesta vertente formativa.

  • 15/11/2018 17:45:17

    UMN e PNUD assinam memorando de entendimento

    Lubango - Um memorando de entendimento para contribuir e potenciar o desenvolvimento económico e social de Angola foi hoje, no Lubango, assinado entre a Reitoria da Universidade Mandume Ya Ndemufayo (UMN) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).