Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

06 Agosto de 2015 | 15h55 - Actualizado em 06 Agosto de 2015 | 17h37

Nova reitora da UAN garante trabalhar para um ensino superior de maior qualidade

Luanda- A nova reitora da Universidade Agostinho Neto (UAN), Maria do Rosário Teixeira de Alva Sequeira Bragança Sambo, afirmou hoje, em Luanda, que o seu mandato terá como premissa básica atingir um ensino superior de qualidade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

membros do novo colégio reitoral da UAN

Foto: Joaquina Bento

Maria Sambo, que falava na cerimonia de apresentação do novo colégio reitora da UAN, acrescentou ser igualmente uma prioridade do executivo angolano, relativamente ao ensino superior.

“É a nossa divisa ou seja a principal meta e estou convencida de que com o apoio de toda comunidade académica conseguiremos atingir este objectivo”, referiu

O novo  colégio reitoral conta ainda com os vice-reitores para a Área Académica e Vida Estudantil, Domingos Mateus dos Santos Neves Margarida, para a Área Científica e Pós-Graduação, Pedro Magalhães, para Extensão e Cooperação, Agatângelo Joaquim dos Santos E duardo, e para Administração e Gestão, Fleiras Pepe Rivelino de Gove.

Maria do Rosário Teixeira de Alva Sequeira Bragança Sambo procedeu ainda a assinatura do termo de início de funções.

Os novos membros do Colégio Reitoral da UAN foram nomeados através do Decreto Presidencial nº 94/2015, de 11 de Maio, tendo sido empossados pelo Vice-Presidente da República, Manuel Vicente, a 8 de Julho de 2015.

Maria do Rosário Bragança Sambo, que vai presidir o colégio reitoral, é médica, tendo-se licenciado em 1983 pela Faculdade de Medicina da Universidade Agostinho Neto. É especialista em Neurologia desde 1997 pelo Serviço de Neurologia do Hospital de Egas Moniz (Lisboa - Portugal) e da Ordem dos Médicos de Portugal.

É Doutorada em Medicina (2010), ramo de Genética, com a defesa de tese sobre "Susceptibilidade genética à malária cerebral em crianças angolanas" no Instituto Gulbenkian de Ciência (Oeiras, Portugal) e na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

Foi decana da Faculdade de Medicina da Universidade Katyavala Bwila, em Benguela, (2011-2015), onde é também professora titular.

Com o trabalho sobre “Susceptibilidade genética à malária cerebral em crianças angolanas” obteve dois prémios: prémio Pfizer 2010 para a investigação clínica atribuído pela Sociedade de Ciências Médicas de Lisboa e o prémio de investigação biomédica pela Ordem dos Médicos de Angola, em 2011. Interessa-se particularmente por estudos clínicos e genéticos sobre a malária.

É responsável pela coordenação de dois projetos da Faculdade de Medicina da Universidade Katyavala Bwila, designadamente "Rastreio neonatal da Drepanocitose e aconselhamento genético a casais de risco no Hospital Central de Benguela" e “Malária falciparum em grávidas na província de Benguela: as lesões placentárias, a resposta imunológica e os marcadores de susceptibilidade genética à infecção placentária”.

É autora e co-autora de várias publicações científicas em revistas indexadas, bem como do livro Um olhar sobre as doenças médicas na gravidez – Casos Clínicos (Benguela, Outubro 2013).

Assuntos Angola   Ensino Superior  

Leia também