Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

29 Março de 2016 | 18h14 - Actualizado em 29 Março de 2016 | 20h35

Huambo: Mestrados no ISCED podem começar este ano lectivo

Huambo - O Instituto Superior de Ciências de Educação (ISCED) do Huambo pode introduzir, ainda este ano, no currículo os cursos de mestrado nas especialidades de Educação e Conservação da Natureza e Ciências da Educação.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huambo: Afonso Vindassi Manuel - director-geral adjunto para a área académica do ISCED

Foto: Valentino Yequenha

Segundo o director-geral adjunto para a área académica da instituição, Afonso Vindassi Manuel, que falava à imprensa, ambos os mestrados, aprovados em 2014 pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, receberam, no inicio deste mês, aval favorável do Instituto Nacional de Avaliação, Acreditação e Reconhecimento de Estudos.

“Pensamos que, se tudo correr como planeamos, ainda este ano incluir, pela primeira vez, os cursos de mestrado. Temos todas as condições criadas para o efeito, uma vez que fomos nós que propomos a abertura destes mesmos cursos”, garantiu.

Apesar de não alongar-se em detalhes, Afonso Vindassi Manuel afirmou que o curso de Educação e Conservação da Natureza contará com seis professores da Universidade dos Açores (Portugal) e o de Ciências da Educação com professores de instituições congéneres das províncias de Luanda e Huíla.

Actualmente, o Instituto Superior de Ciências de Educação leciona somente cursos de licenciatura, nas especialidades de ensino da Biologia, Física, Geografia, Matemática, Inglês, Química, Português, História, Pedagogia e Psicologia, contando com uma população estudantil estimada em 2603.

Reaberta em 2001, depois de quase 13 anos paralisado, devido ao conflito armado que assolou o país, a instituição já formou 3.543 professores, de 2002 a 2015.

Na província do Huambo estão a ser lecionados, desde 2012, mestrados em Ciências Empresariais, Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais, Direito, Agronomia e Recursos Naturais, Tecnologia e Produção de Alimentos, pelas faculdades de Economia, Direito, Ciências Agrárias e Medicina Veterinária.

A continuidade destes cursos ainda não está garantida, uma vez que as defesas dos trabalhos de fim de curso, iniciadas em 2015, terminam somente entre Junho a Outubro deste ano.

Pelo facto destes cursos de mestrado nunca mais terem recebido estudantes, desde que foram abertos (2012/ 2013), muitos licenciados residentes na província do Huambo têm recorrido ao estrangeiro para darem continuidade aos seus estudos, enquanto outros têm optado por fazer cursos à distância através da Internet.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também