Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

20 Abril de 2017 | 17h14 - Actualizado em 20 Abril de 2017 | 17h14

Cuanza Norte: Expansão do ensino superior considerado ganho da paz

Ndalatando - O ministro interino do Ensino Superior, António André, considerou hoje, quinta-feira, em Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte, a expansão e consolidação do ensino universitário um dos ganhos da paz, alcançada a 4 de Abril de 2002.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

António André - Ministro interino do Ensino Superior

Foto: Estevão Manuel

O ministro interino fez essas declarações quando orientava a cerimónia de outorga de diplomas a 202 novos licenciados da Escola Superior Pedagógica do Cuanza Norte, tendo referido que a paz constitui o factor determinante para o desenvolvimento do país e permitiu a expansão da rede do ensino superior em Angola.

Segundo António André, fruto da política de expansão do ensino superior gizada pelo Executivo angolano, actualmente os jovens já não precisam sair de uma província para a capital do país em busca de conhecimento em instituições universitárias, como acontecia anteriormente.

 “Hoje é um dia de festa e esta festa é fruto da paz, que teve como grande protagonista o Presidente da República, José Eduardo dos Santos, que sempre teve presente que com a paz os angolanos poderiam prosperar cada vez mais, em todo o território nacional. A Escola Superior Pedagógica é um exemplo dessa expansão do ensino superior no país", ressaltou.

António André frisou que em virtude da conquista da paz o Executivo angolano criou as condições necessárias para estender a rede de escolas do ensino superior nas localidades onde não existiam, abrindo assim caminho para o desenvolvimento do país.

O ministro pediu aos finalistas a empenharem-se cada vez mais para a consolidação do processo educativo do país, através dos seus mais variados subsistemas, formando quadros com qualidade e interessados no desenvolvimento do país.

Foram entregues diplomas a finalistas dos cursos de Linguísticas Portuguesa, Inglesa e Francesa, Matemática, Física, Biologia, Química e Ensino Primário.

A província do Cuanza Norte possui duas instituições de ensino superior, nomeadamente, a Escola Superior Pedagógica e a Escola Superior Politécnica.

Na Escola Superior Pedagógica, instituída em 2007, são ministrados os cursos de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Língua Francesa, Matemática, Física, Biologia, Química e Ensino Primário.

Já a Escola Superior Politécnica, inaugurada em 2011, é uma unidade orgânica afecta à Universidade Kimpa Vita, que forma técnicos de Análise Clínicas, Contabilidade e Gestão e Informática de Gestão.

Leia também
  • 20/04/2017 18:00:18

    Malanje: Estudantes licenciados recebem diplomas

    Malanje - Quatrocentos e 71 estudantes licenciados em Ciências da Educação, pela Escola Superior Politécnica de Malanje (ESPM), em Enfermagem, pelo Instituto Superior Politécnico (ISPM) e em Medicina, pela Faculdade de Medicina, afecta à Universidade Lueji A N'konde, recebem sexta-feira (21), na cidade de Malanje, os respectivos diplomas de fim do curso.

  • 20/04/2017 16:42:02

    Cuanza Norte: Estudantes exortados a trabalhar para comunidade

    Ndalatando - O ministro interino do Ensino Superior, António André, instou hoje, quinta-feira, em Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte, aos finalistas da Escola Superior Pedagógica da região a cultivar o gosto pelo trabalho e aplicar na prática os conhecimentos adquiridos em prol das comunidades.

  • 20/04/2017 14:07:08

    Moxico: PAAE prevê alfabetizar 600 pessoas no Luacano

    Luacano - Seiscentos jovens e adultos vão ser alfabetizados no município do Luacano (Moxico) durante este ano lectivo, através dos métodos Gostar de ler e escrever e Sim, eu posso.