Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

21 Abril de 2017 | 18h37 - Actualizado em 21 Abril de 2017 | 18h37

Jovens aconselhados ao uso racional das redes sociais

Luanda - O coordenador do programa académico Yali Learns Angola, Amilton Alberto, aconselhou hoje, sexta-feira, em Luanda, a população, principalmente os jovens, a usar as redes sociais de forma racional e positiva, para evitarem eventuais transtornos pessoais e profissionais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Amilton Alberto fez esse alerta quando orientava uma palestra sobre “A importância do uso das redes sociais para maximização de carreira”, tendo referido que o uso inadequado das redes sociais pode influenciar negativamente a carreira profissional, a busca de emprego, ou aspectos pessoais do internauta.

Fez saber que se uma pessoa tenha um perfil impróprio numa rede como linkdin, essa situação pode ser prejudicial para ascensão profissional ou conquista de um posto de trabalho, caso o empregador decida fazer uma pesquisa à página do potencial candidato.

“Não se deve confundir as redes linkdin que são profissionais com o facebook, whatsApp, entre outras plataformas de interacção social”, frisou.

 Solicitou aos jovens usuários das redes sociais a terem um papel de difusores de informações de grandes interesses que contribuam para a construção de um país próspero e não colocarem em causa o patriotismo, liberdade de expressão e a integridade moral de outras pessoas.

As redes sociais, acrescentou, devem ser ainda aproveitadas para fins educativos, ao invés, como acontece muitas vezes, de servirem para postar publicações (escritas, fotos, áudios e vídeos) ofensivas que em nada contribuem para o crescimento do país, além de constituírem crimes.

Já a estudante Rosa Condez alertou aos internautas a serem cautelosos no uso das redes sociais, pois que muitas empresas pesquisam os perfis dos funcionários e candidatos para conhecerem o seu comportamento, através das publicações e partilhas de conteúdos.

Assuntos Internet  

Leia também