Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

18 Maio de 2017 | 14h06 - Actualizado em 18 Maio de 2017 | 16h25

Huambo: Executivo considera prioritária formação de quadros da Educação

Huambo - O governo angolano tem prestado especial atenção a formação de quadros do sector da Educação, para que exerçam com mais qualidade a sua actividade, de modo a corresponder as grandezas dos desafios do país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Huambo: participantes ao Conselho Consultivo do Ministério da Educação

Foto: Valentino Yequenha

O facto foi expresso, hoje, quinta-feira, pelo governador do Huambo, João Baptista Kussumua, quando discursava na abertura do Conselho Consultivo do Ministério da Educação que decorre no planalto central, sob orientação do titular do sector, Pinda Simão.

Frisou que este empenho deve constituir factor de motivação e estimulo para os vários actores que fazem a educação acontecer, no sentido do aperfeiçoamento constante das suas capacidades, para o cumprimento fiel da sua missão.

Neste sentido, referiu, cabe a cada um dos quadros tamanha responsabilidade de contribuir, com o que sabe, no intuito de mudar o destino do país para o melhor, formando com eficiência profissional capazes de transformar os grandes recursos naturais em riqueza, para o bem dos angolanos.

"É nesta dinâmica que se realiza o Conselho Consultivo, no âmbito das acções do Ministério da Edução, assentes nos propósitos do Governo angolano em tornar os profissionais do sector a base incontornável para a efectivação deste desenvolvimento, a julgar pela sua acção na construção de homens novo para os desafios e tempos novos", ressaltou.

Por isso, augurou que a reunião permita, com realismo, analisar a realidade actual do sector e procurar as melhores soluções para os problemas que o sector da Educação do país ainda enfrenta.

O conselho, que decorre até sexta-feira, vai proceder ao balanço das actividades realizadas em 2016, constantes no Plano Nacional de Desenvolvimento, análise do relatório de execução do Programa Educação para Todos (2000-2015) e o sistema de informação para a educação.

Também consta do programa a apresentação do Plano Nacional de Desenvolvimento da Educação, designado educar Angola 2017-2030, assim como a análise da implementação da lei 17/16 (lei de bases do sistema de educação e ensino), o calendário escolar, o balanço de implementação do Plano Nacional de Formação de Quadros, entre outros assuntos.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também