Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

07 Outubro de 2017 | 17h39 - Actualizado em 07 Outubro de 2017 | 17h39

Bengo: Sinprof defende aprovação do novo estatuto da carreira docente

Caxito - A secretária-geral do Sindicato Nacional dos Professores (Sinprof), Hermínia de Nascimento, apelou hoje, em Caxito, província do Bengo, às instâncias competentes do Estado a aprovação do novo estatuto da carreira docente, de modo a serem solucionados os problemas dos professores.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar


Em declarações à imprensa, à margem do VI conselho provincial do Sinprof, a coordenadora do grupo de acompanhamento à província do Bengo referiu que dentre os vários problemas se destacam a actualização de categorias e implementação dos subsídios de atavio.


“O Sinprof está cada vez mais forte e unido, continuando aberto ao diálogo e, durante este tempo, entregamos as nossas contribuições para o enriquecimento do novo estatuto da carreira docente e agora estamos a espera que se cumpra os trâmites legais para que seja aprovado e implementado”, ressaltou.


A responsável sindical apelo ao Ministério da Educação para o cumprimento dos acordos afirmados, anteriormente, para que os problemas ainda pendentes sejam resolvidos,  manifestando o seu desagrado sobre as quotas de vagas atribuídas à província do Bengo que sempre foi menos beneficiada em relação as outras do país.
 

Segundo Hermínia de Nascimento, o Sinprof está a dar ainda oportunidade a quem de direito que resolva estas situações que continuam pendentes desde 2013, período em que se entregou o caderno reivindicativo.

Realçou que espera ansiosamente da nova ministra da Educação, incluindo aqueles departamentos ministeriais que directamente intervém na resolução dos problemas dos professores.

 

A VI reunião do Conselho provincial do Sinprof visou analisar aspectos ligados às negociações com a direcção da Educação, sobre a suspensão da greve provincial e pagamento da dívida com o pessoal docente, o projecto da clinica, qualidade de ensino e infra-estruturas, promoções e actualizações de categorias e reinicio da obra de construção do secretariado provincial.
 

Durante dois dias os participantes abordaram em palestras temas sobre “a qualidade de ensino e sua implicação no desenvolvimento de Angola” “O marketing nas organizações”, bem como aprovaram o relatório do secretariado provincial e informes dos secretariados municipais.
 



 

Assuntos Província » Bengo  

Leia também