Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

06 Fevereiro de 2018 | 13h03 - Actualizado em 06 Fevereiro de 2018 | 14h32

Professores e alunos marcam presença nas escolas de Luanda

Luanda - Professores e alunos do ensino geral do município de Luanda marcaram hoje, terça-feira, presença razoável, no primeiro dia efectivo do inicio das aulas referente ao presente ano lectivo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Alunos regressam as aulas

Foto: Cortesia ,Manuel Zamba

O ano lectivo 2018 foi aberto dia  dois de Fevereiro, em cerimónia oficial na província do  Namibe orientada pelo Presidente da República de Angola, João Lourenço.    

Na manhã desta terça-feira diversos estabelecimentos de ensino do município registaram presença satisfatória de docentes e discentes, marcando, desta forma, o retorno das batas brancas as salas de aulas.

A professora da nona classe da escola do II ciclo Njinga a Mbande, na Ingombota, Maria Antónia, disse à Angop que apesar da presença “tímida” de alunos (70 por cento), 98 por cento do corpo docente da instituição fez-se presente para mais uma caminhada.

“Acredito que até a nas próximas horas se registe a presença de 100 por cento de alunos”, expressou, pedindo aos pais e encarregados de educação a enviar os seus educando à escola, uma vez que o ano já foi oficialmente aberto.

Para o director pedagógica da escola número mil 124 do primeiro  ciclo, no distrito da Maianga,  Edivaldo da Costa Gomes, o dia está a ser marcado por uma moldura humana satisfatória, quer por parte de professores quer dos alunos.

O mesmo cenário registou-se na escola número mil 108 do Rangel, que ainda assim pretende penalizar, com marcação de faltas, os ausentes.

Na Samba é visível  a presença de professores, alunos e até encarregados de educação ainda preocupados com a localização das salas dos seus educandos.

“Aproveito a oportunidade para apelar aos pais e encarregados de educação para o envio dos seus educandos, porque começaram as aulas para o ensino geral”, lembrou o encarregado de educação, Mendes Mário.

O calendário escolar  2018 do ensino geral prevê 51 semanas dividido em três trimestres.

Na província de Luanda estão matriculados dois milhões  291 mil e 217 alunos em escolas públicas, comparticipadas e privadas.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 09/03/2018 16:41:15

    Associação ACDA promove curso para formadores

    Luanda - Os aspectos éticos, de confidencialidade e privacidade no exercício profissional serão alguns dos temas a serem abordados no curso sobre Ética e Deontologia Profissional em Educação, a ser promovido, em Luanda, pela Associação para Cultura e Desenvolvimento de Angola (ACDA).

  • 06/03/2018 07:54:15

    Cazenga necessita de mais de três mil novos professores

    Luanda - Para responder a demanda, a educação no município do Cazenga necessita de três mil 822 novos professores para todos os níveis de ensino, informou o administrador local, Víctor Nataniel Narciso.

  • 05/03/2018 15:23:11

    Lusíada com novos cursos de licenciatura, mestrados e doutoramento

    Luanda - A Universidade Lusíada de Angola incluiu no seu currículo académico três novos cursos de licenciatura, nomeadamente licenciatura em contabilidade e finanças, engenharia informática e educação física e desportos , sete mestrados e um doutoramento, anunciou hoje, segunda-feira, em Luanda, o seu reitor, Mário Pinto de Andrade.

  • 02/03/2018 14:31:31

    Executivo atento à alimentação escolar

    Luanda - Alimentação escolar é um programa com múltiplos benefícios que vão além da escola, pois estimula a agricultura local, a nutrição, saúde e o desenvolvimento social dos alunos, afirmou nesta sexta-feira, em Luanda, ministra da Educação, Cândida Teixeira.