Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

08 Novembro de 2018 | 17h02 - Actualizado em 08 Novembro de 2018 | 17h02

Huíla acolhe 1º Congresso Internacional de Educação Primária

Lubango - A província da Huíla acolhe de 21 a 23 de Novembro do ano em curso, na cidade do Lubango, o 1º Congresso Internacional de Educação Primaria sob o signo Repensar a Escola Primaria: Desafio da Globalização, numa iniciativa do Instituto Superior Politécnico Independente (ISPI).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mariana Teixeira, directora-adjunta para a área científica do ISPI

Foto: Morais Silva

O projecto  conta com a parceria do governo provincial, cujo objectivo é reflectir sobre o papel da escola no contexto da globalização e da criação do sujeito global, assim como a ponderação do impacto do ensino universitário na formação dos futuros professores do primeiro nível.

Em declarações à imprensa hoje, no Lubango, a directora-adjunta para a área científica, em exercício, Mariana Teixeira, disse que o ISPI, sendo uma instituição do ensino superior que se quer activar em apoiar o Estado na resolução dos problemas sociais, está a organizar este evento para fomentar a troca de experiência a fim de enriquecer o trabalho de repensar e pensar a escola primária.

Essa é uma tarefa que, para a responsável, decorre não só em Angola, mas no mundo, razão pela qual estão convidados docentes de instituições do ensino superior do Brasil e Portugal para apresentarem as experiências dos seus países neste processo.

Durante os três dias serão discutidas temáticas sobre a ”Educação no século XXI, repensar a Escola”, “ Fazer-se docente, experiências educativas”, “Educação para cidadania global no ensino primário, da teoria a pratica”, “Programa nacional de formação de quadros da educação”, de entre outras.

Será dada a conhecer e discutida a estratégia do Estado para a formação dos professores do ensino primário, que prevê o encerramento dos magistérios primários, passando para o ensino superior a responsabilidade da formação dos quadros do ensino de base.

Prevê-se a participação de docentes do ensino primário, gestores e coordenadores pedagógicos, empresários da educação, investidores e estudantes da educação primária.

A província da Huíla conta com 504 mil e 630 alunos do ensino primário (da 1ª a 6ª Classe), distribuídos em mil e 6 69 escolas, um rácio de 60 alunos por professor, ao passo que o normal seria 35 alunos por turma. Já no ensino pré-escolar conta com 79 mil 935 alunos      

Leia também