Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

13 Março de 2018 | 14h51 - Actualizado em 13 Março de 2018 | 14h50

Encerrada residência utilizada como escola para crianças estrangeiras

Luanda - A administração do distrito do Rangel, município de Luanda, encerrou na última sexta-feira uma residência no bairro Marçal utilizada supostamente para ministrar aulas para mais de uma centena de crianças da Guiné Conacri.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

As autoridades administrativas do distrito tomaram a medida depois da denúncia feita pela comissão de moradores do bairro do Marçal.

A residência onde era exercida a actividade escolar não possuía as condições necessárias para o acolhimento de crianças, como a questão da ventilação, a dimensão das salas, que não eram apropriadas, e a utilização de cadeiras plásticas como carteiras.

Em declarações à Angop, o administrador do Rangel, Francisco Manuel Domingos, esclareceu que para além da falta de condições de acolhimento, outro motivo do encerramento do local é o facto de funcionar sem o conhecimento da repartição da educação.

O administrador local acredita que a existência da “ escola” seja um pretexto para a realização de outras actividades, porque estas crianças nunca levavam material didáctico para as supostas aulas.

Por este motivo, prosseguiu o responsável, a administração viu-se obrigada a encerrar a residência, porque provavelmente eram ensinadas outras actividades e a realização de cultos e não aulas.

Francisco Manuel Domingos disse que a repartição de educação do Rangel inseriu  todas as crianças nos estabelecimentos escolares próximos do bairro Marçal.

Este é o segundo caso registado no distrito do Rangel, o primeiro aconteceu no bairro da Terra Nova onde também foi encerrado um quintal que era usado para a realização de  cultos e aulas dirigido principalmente para crianças estrangeiras.

O Rangel tem um território estimado em 6,2 quilómetros e mais de 261 mil habitantes, distribuído pelos bairros do Rangel, Marçal e Terra Nova (sede distrital).

O distrito é limitado a Oeste pelo distrito da Ingombota, a Norte pelo Sambizanga, a Este o município do Cazenga e a Sul pelo distrito da Maianga e do Neves Bendinha.

Assuntos Alerta   Província » Luanda  

Leia também
  • 02/11/2018 06:41:22

    Estudantes adquirem conhecimentos sobre o perigo do cancro da mama

    Icolo e Bengo - Duzentos estudantes da escola do IIº ciclo e do ensino secundário nº 6075 do Distrito urbano da Bela Vista, comuna de Bom Jesus, município de Icolo e Bengo, em Luanda, adquiriram conhecimentos em palestra sobre os perigos do cancro da mama.

  • 29/10/2018 13:12:00

    ISIA capacita jovens em empreendedorismo e gestão de empresas

    Luanda - Vinte e cinco jovens terminaram hoje, em Luanda, no Instituto de Ensino Superior de Angola (ISIA), uma formação de formadores em empreendedorismo e gestão de empresas, visando apoiar a dinamização de potenciais empresários.

  • 27/10/2018 20:42:09

    Alunos da Ingombota vencem Sábados Académicos em Luanda

    Luanda - Os alunos do distrito urbano da Ingombota venceram, neste sábado (27), a nona edição do Projecto Sábados Académicos/2018 a nível do município de Luanda.

  • 26/10/2018 14:09:11

    Icolo e Bengo realiza concurso Sábados Académicos

    Icolo e Bengo - Cinquenta alunos de cinco escolas do segundo ciclo do ensino secundário do município de Icolo e Bengo, em Luanda concorrem hoje (sexta-feira) em Catete, no nono concurso designado "Sábados Académicos -2018" promovido pela JMPLA, força juvenil do MPLA.