Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

01 Julho de 2018 | 11h08 - Actualizado em 01 Julho de 2018 | 11h17

Bengo: Reabilitação de escola primária permite inserção de mais alunos

Caxito - A reabilitação e ampliação (de cinco para dez salas de aulas) da escola primária nº 101 Ngola Mbandi, no município do Ambriz, permitirá albergar mil e 50 alunos contra os actuais 300 estudantes.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A infraestrutura foi construída em 1952 e passou a ser escola primária desde 1975. Beneficiou pela primeira vez de reabilitação em 1980, mas está paralisada desde 2016 devido ao estado avançado de degradação.

O acto de consignação da reabilitação e ampliação da escola foi assinado pelo administrador adjunto para área técnica do Ambriz, Augusto Narciso, o representante da empresa Constangol Walter Prado e o director da empresa de fiscalização GWIC, Gerson Luís.

Financiada pela Total e Sonangol, a empreitada está orçada em um milhão de dólares e terá a duração de seis meses, a cargo da empreiteira Constangol.

A referida infraestrutura terá área técnica, administrativa, gabinete dos director, pavilhão multiuso, tanque de água e balneários.

Em declarações à imprensa, o empreiteiro, Walter Prado disse estar tudo pronto para o início da empreitada que deve durar seis meses.

Por sua parte, o director do Gabinete provincial do Bengo da Educação, António Quino, explicou que a sede do município do Ambriz é que tem maior carência em termo de escolas do ensino primário, destacando a importância da reabilitação e ampliação da instituição para o município.

Leia também