Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

28 Junho de 2018 | 21h26 - Actualizado em 28 Junho de 2018 | 21h26

Mais de 11 mil candidatos procuram ingressar no sector da Educação

Huambo - Onze mil e 993 candidatos vão concorrer, nos 11 municípios da província do Huambo, para o preenchimento das 1372 vagas disponíveis no sector da Educação, cujas provas de selecção acontecem na próxima terça-feira.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

sala de aulas

Foto: Pedro Parente

Em declarações hoje, quinta-feira, à imprensa, o director do Gabinete local da Educação, Manuel Sampaio do Amaral, informou que as candidaturas, abertas a 1 deste mês, encerraram na sexta-feira passada, estando a decorrer, até sábado, a fase de reclamações.

Inicialmente, disse, tinham sido inscritos 13.104 concorrentes, 1111 dos quais foram excluídos, por não apresentarem os requisitos necessários, no âmbito dos procedimentos da realização do concurso público de admissão de novos docentes.

Informou que no ensino primário inscreveram-se 7.887 candidatos, para 792 vagas disponíveis, no I ciclo do ensino secundário, com 394 vagas, estão inscritos 3.362 candidatos, enquanto no II ciclo do ensino secundário, onde se pretende empregar 186 novos professores, estão inscritos 744 concorrentes.

Manuel Sampaio do Amaral deu a conhecer que para o ensino primário os candidatos possuem ensino médio concluído, nas escolas de formação de professores ou de agregação pedagógica, ao passo que no I e II ciclo possuem o bacharelato ou licenciatura específica, de acordo com a disciplina em que cada um deles se candidatou.

O sector da educação na província do Huambo controla cerca de 18 mil professores, que dão aulas a um milhão, nove mil e 565 alunos. No começo do ano, a necessidade de professores estava estimada em seis mil, para evitar a sobrecarga de alguns, sobretudo no ensino primário e I ciclo do ensino secundário.

Leia também
  • 28/06/2018 13:30:37

    Harmonização curricular permite referências internacionalmente aceites

    Luanda - A harmonização dos planos curriculares dos cursos de graduação não é sinónimo de uniformidade, mas o processo de ajustamento de um mesmo domínio científico a um perfil de profissional a ser formado.

  • 27/06/2018 20:50:40

    Administração do Ucuma constrói escola de sete salas

    Ucuma - Uma escola de sete salas de aula, para 700 alunos em dois períodos, começou a ser construída hoje, quarta-feira, na povoação da Catanda, no município do Ucuma, 127 quilómetros da cidade do Huambo, no âmbito dos esforços de expansão da rede escolar.

  • 26/06/2018 17:45:02

    ISCED apresenta Carta Escolar da Huíla

    Lubango - O Centro de Investigação e Desenvolvimento da Educação (CIDE), do Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED) da província da Huíla, vai apresentar, quarta-feira, na cidade do Lubango, a primeira Carta Escolar da região, instrumento importante para gestão e planificação académica.