Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

28 Junho de 2018 | 21h26 - Actualizado em 28 Junho de 2018 | 21h26

Mais de 11 mil candidatos procuram ingressar no sector da Educação

Huambo - Onze mil e 993 candidatos vão concorrer, nos 11 municípios da província do Huambo, para o preenchimento das 1372 vagas disponíveis no sector da Educação, cujas provas de selecção acontecem na próxima terça-feira.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

sala de aulas

Foto: Pedro Parente

Em declarações hoje, quinta-feira, à imprensa, o director do Gabinete local da Educação, Manuel Sampaio do Amaral, informou que as candidaturas, abertas a 1 deste mês, encerraram na sexta-feira passada, estando a decorrer, até sábado, a fase de reclamações.

Inicialmente, disse, tinham sido inscritos 13.104 concorrentes, 1111 dos quais foram excluídos, por não apresentarem os requisitos necessários, no âmbito dos procedimentos da realização do concurso público de admissão de novos docentes.

Informou que no ensino primário inscreveram-se 7.887 candidatos, para 792 vagas disponíveis, no I ciclo do ensino secundário, com 394 vagas, estão inscritos 3.362 candidatos, enquanto no II ciclo do ensino secundário, onde se pretende empregar 186 novos professores, estão inscritos 744 concorrentes.

Manuel Sampaio do Amaral deu a conhecer que para o ensino primário os candidatos possuem ensino médio concluído, nas escolas de formação de professores ou de agregação pedagógica, ao passo que no I e II ciclo possuem o bacharelato ou licenciatura específica, de acordo com a disciplina em que cada um deles se candidatou.

O sector da educação na província do Huambo controla cerca de 18 mil professores, que dão aulas a um milhão, nove mil e 565 alunos. No começo do ano, a necessidade de professores estava estimada em seis mil, para evitar a sobrecarga de alguns, sobretudo no ensino primário e I ciclo do ensino secundário.

Leia também
  • 05/02/2019 17:09:10

    Governo da Lunda Sul prioriza conclusão de escolas e unidades sanitárias

    Saurimo - O governo da Lunda Sul priorizar a conclusão, no primeiro trimestre deste ano, das obras de infra-estruturas escolares e sanitárias, com vista a reduzir a superlotação nas salas de aula e desafogar os hospitais.

  • 05/02/2019 12:12:29

    Mil e 500 alunos de Quipungo em novas salas de aula

    Quipungo - Mil e 500 alunos começaram, nesta terça-feira, a estudar em condições mais cômodas, no município de Quipungo, com a inauguração, na segunda-feira, de 15 novas salas de aula.

  • 01/02/2019 16:54:24

    Magistério primário introduz curso de ensino pré-escolar

    Mbanza Kongo - A escola de magistério primário "Daniel Mvemba", no município de Mbanza Kongo, província do Zaire, vai neste ano lectivo contar, no seu plano curricular, com o curso de ensino pré-escolar, informou hoje, sexta-feira, o seu director, Mbalu Lukaya.

  • 01/02/2019 15:28:28

    Mediateca abre curso tecnológico para professores

    Huambo - Um curso tecnológico para professores começa a ser ministrado este mês na Mediateca da província do Huambo, com propósito de promover a literacia tecnológica dos educadores.