Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

12 Julho de 2018 | 13h32 - Actualizado em 12 Julho de 2018 | 13h31

Candidatos a professores em Luanda podem repetir testes

Luanda - A ministra da Educação, Maria Cândida Teixeira, afirmou nesta quarta-feira que caso forem confirmadas as situações anómalas “graves” durante a realização das provas para o ingresso de novos professores em Luanda os testes serão anulados e repetidos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministra da Educação, Maria Cândida Teixeira, durante provas no cuando cubango

De acordo com a governante, que falava à Televisão Pública de Angola (TPA) na província do Cuando Cubango, está à espera de dados concretos de Luanda para aferir o ponto de situação em relação as supostas anomalias observadas.

As provas de aptidão para o concurso público de educação foram realizadas nesta terça-feira (10) em todo país.

O Ministério da Educação tem disponíveis 20 mil vagas para suprir as necessidades do sector.

O MED vai contratar 8.675 professores para o ensino primário, 6.183 para o I ciclo, 540 bacharéis para as escolas do II ciclo e 4.602 licenciados.

Além dos candidatos formados nas escolas de formação de professores a nível médio e superior, o MED está a dar possibilidade a técnicos formados em outras áreas de concorrerem e serem contratados de acordo com as necessidades do sector.

As províncias com maior número de contratação de professores são Luanda (2.650), Huíla (1.584), Benguela (1.376), Huambo (1.372) e Cuanza Sul (1.414).

Setenta mil novos professores é a cifra que o país necessita para a cobertura total do sector adequando assim o rácio professor/aluno aos números aceitáveis.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 05/11/2018 13:40:26

    MESCTI reitera aposta na qualidade

    Luanda - A melhoria da rede de Instituições de Ensino Superior (IES), o aumento de cursos e de graduados, bem como a qualidade do ensino ministrado, com o reforço da qualidade de mestres e doutores, foi hoje, segunda-feira, realçada como uma das apostas do Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI).

  • 01/11/2018 08:39:31

    Relação família e escola factor de desenvolvimento integral da criança

    Luanda - O académico Álvaro da Costa apontou quarta-feira, em Luanda, a relação família e escola como factor de desenvolvimento integral da criança, por ser uma prática constante e adequada que facilita a aprendizagem dos alunos.

  • 01/11/2018 08:30:06

    Académica considera produção científica imprescindível ao crescimento social

    Luanda - A directora geral do Instituto Superior Politécnico Atlântida (ISPA ), Albertina Zacarias, defendeu quarta-feira, em Luanda, o incentivo à produção científica por ser um factor imprescindível para o crescimento sustentável de qualquer sociedade.

  • 29/10/2018 15:06:42

    Ensino Especial com olhos na igualdade de direitos

    Luanda - O Ministério da Educação (MED) promove, a partir de 2019, um conjunto de formação de professores apropriadas para o reforço do ensino especial orientando a inclusão escolar, de forma a viabilizar a sua aplicabilidade.