Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

12 Julho de 2018 | 18h31 - Actualizado em 12 Julho de 2018 | 18h30

MED valida concurso Público da Educação em Luanda

Luanda - O Ministério da Educação (MED) afirma não existirem razões para repetição das provas do concurso público para admissão de novos professores na província de Luanda, por isso mantém-se validos os testes realizadas terça-feira (10).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Candidatos numa prova do concurso público da educação (arquivo)

Foto: José Cachiva

Segundo uma nota do MED, chegada hoje, quinta-feira, à Angop, o concurso prossegue para as etapas subsequentes.

Explica que avaliadas as circunstâncias que envolveram a realização das provas em Luanda e ponderados todos os interesses dignos de relevo, bem como as legitimas expectativas dos candidatos, o Ministério da Educação considera não existirem motivos para repetição dos testes.

 O MED admite que se registaram alguns constrangimentos durante o processo de avaliação dos concorrentes como a não emissão das provas de candidatos indicados para as devidas escolas, provas da mesma disciplina com denominação diferente e afluência de candidatos não apurados e cujas reclamações foram consideradas improcedentes.

Essas situações foram constatadas nas escolas Njinga Mbandi (município de Luanda), 4041 e 4014 (Cacuaco), 2003 (Belas), 9040 e 9041 (Talatona) e em certos estabelecimentos de ensino do Kilamba Kiaxi.

“Reconhecemos todas as insuficiências de um processo com esta complexidade e lamentamos os transtornos causados aos concorrentes”, ressalta.

Na província de Luanda, realizaram a prova escrita 20 mil 432 candidatos, que concorreram para uma das duas mil 650 vagas para novos professores.

O MED realizou, dia 10 deste mês, um concurso público para admissão de 20 mil novos professores nas 18 províncias do país.

Leia também
  • 03/11/2018 15:29:15

    Cooperação francesa realiza tournê "Eferveciências" em Angola

    Luanda - Uma tournê de conferências-espectáculos académica realiza-se de 6 a 9 de Novembro, em quatro províncias do País, no âmbito do inovador projecto "Eferveciências" (Effervesciences), a ser ministrada pelo pesquisador francês Richard Eastes, numa iniciativa da cooperação francesa em Angola, soube hoje (sábado) a Angop.

  • 02/11/2018 06:41:22

    Estudantes adquirem conhecimentos sobre o perigo do cancro da mama

    Icolo e Bengo - Duzentos estudantes da escola do IIº ciclo e do ensino secundário nº 6075 do Distrito urbano da Bela Vista, comuna de Bom Jesus, município de Icolo e Bengo, em Luanda, adquiriram conhecimentos em palestra sobre os perigos do cancro da mama.

  • 15/10/2018 18:55:27

    Responsável defende mais cursos para formadores de professores

    Luanda - O coordenador do Projecto de Aprendizagem para Todos (PAT) da província da Huíla, Benício Puna, defendeu hoje, segunda-feira, em Luanda, o aumento do número de cursos de refrescamento para formadores de professores no sentido de estarem melhor capacitados.

  • 11/10/2018 12:07:43

    Professores admitidos em 2018 inseridos nas folhas de salários

    Luanda - Os professores admitidos no concurso público do Ministério da Educação de 2018 serão inseridos nas folhas de salário em Janeiro de 2019, para posteriormente serem enquadrados nas escolas onde vão leccionar.