Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

11 Julho de 2018 | 17h54 - Actualizado em 12 Julho de 2018 | 06h58

Responsável defende maior investimento à primeira infância

Luanda - Um maior investimento na primeira infância, para as crianças crescerem saudáveis e bem-educadas, foi defendido hoje, quarta-feira, em Luanda, pela secretária de Estado da Família e Promoção da Mulher, Ruth Mixinge.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministério da Educação e UNICEF Avaliam Programas de Cooperação

A responsável fez esse pronunciamento à imprensa, no âmbito de um encontro de avaliação do programa de cooperação entre o Ministério da Educação (MED) e o Unicef para o período 2020/2022, tendo sublinhado o investimento na primeira infância permite que as crianças se tornem em adultos conscientes e capazes de ajudarem no desenvolvimento do país.

Lembrou que é na primeira fase que se começa a formar a personalidade da criança, por isso um maior investimento nessa franja da população tornará as crianças em bons cidadãos.

Por sua vez, o secretário de Estado da Educação para o Ensino Pré-escolar e Geral, Joaquim Cabral, disse que está a ser feito um diagnóstico para se aferir a realidade no sector pré-escolar e melhorar a qualidade deste serviço.

Referiu que no Programa de Desenvolvimento Nacional constam projectos de desenvolvimento pré-escolar como planos para expansão escolar, formação de educadores de infância, melhoria da prestação de serviços nesse sector e valorização dos professores deste subsistema de ensino.

Já representante da Unicef em Angola, Patrícia Portela Sousa, reconheceu haver avanços no país a respeito da defesa dos direitos da criança, com a criação e cumprimento de leis sobre a protecção de menores.

Destacou a Lei nº 25/12 de 22 de Agosto, que aprova os mecanismos de protecção e desenvolvimento integral da Criança que inclui os onze compromissos com a Criança.

Assuntos Criança  

Leia também
  • 05/06/2018 12:19:35

    Sessenta mil crianças serão inseridas no sistema de ensino em Benguela

    Benguela - Sessenta mil crianças serão inseridas no sistema de ensino em Benguela em 2019, na sequência da admissão, este ano, de 1.376 novos professores para o ensino primário e secundário.

  • 29/05/2018 16:46:30

    OPA quer dedicação das crianças nos círculos de interesse

    Luanda - O presidente da Organização de Pioneiros de Agostinho Neto (OPA), António Rosa, apelou hoje as crianças dos círculos de interesse, para nas áreas de aprendizagem que vão frequentar nas empresas e instituições, a dedicarem-se ao máximo no sentido de apresentarem resultados positivos do aprendizado.

  • 14/12/2017 17:58:58

    Crianças vulneráveis entram para sistema de ensino na Huíla

    Lubango - Pelo menos 280 crianças carenciadas poderão ingressar em 2018 no sistema normal de ensino após concluírem com êxitos este mês, na cidade do Lubango, província da Huíla, a formatura pré-escolar, no âmbito de uma acção promovida pela Organização Não Governamental (ONG) cristã ATOS.