Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

26 Agosto de 2018 | 15h44 - Actualizado em 26 Agosto de 2018 | 15h44

Cuando Cubango: Província ganha mais de 200 licenciados em diversos domínios

Menongue - Duzentos e vinte e três finalistas da Universidade Cuito Cuanavale, no Cuando Cubango, foram outorgados na última sexta-feira com diplomas de diversos cursos, depois de uma formação de cinco anos, naquela instituição.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Trata-se de 107 finalistas formados em Biologia, 53 em Matemática, 43 em enfermagem, e 20 na especialidade de Informática e Gestão.

Numa cerimónia decorrida na sala de sessões da zona turística Kambumbe Lodge, arredores da cidade de Menongue, a vice-governadora do Cuando Cubango para o sector político, social e económico, Sara Luísa Mateus, sublinhou que a mesma é significativa para a vida de cada um dos habitantes locais, pela abrangência pessoal, social e académica.

Afirmou que o acto representa também um ganho da paz e uma prova de preocupação do Executivo com a formação superior e de qualidade para os cidadãos.

“Aliás, as universidades, para além de constituírem espaços próprios para a aquisição de ferramentas técnicas e científicas que granjeiam aos universitários a possibilidade de contribuírem com as suas competências no desenvolvimento do país, nas suas variadas facetas constituem um espaço do exercício consciente da democracia e de preservação do princípio da unidade nacional”, destacou.

Para a vice-governadora, a convivência pacífica e harmoniosa entre os docentes e dissentes provenientes de todos os cantos do país, constitui o reflexo inquestionável do suporte da unidade nacional, através da universidade.

Recordou que a Universidade Cuito Cuanavale tem como missão formar quadros técnicamente qualificados e competentes, capazes de darem o seu contributo na ingente tarefa de transformar Angola numa Nação cada vez mais próspera e produtiva.

Sara Luís Mateus solicitou a conjugação de esforços entre todas as forças vivas do Cuando Cubango e, sobretudo os funcionários, docentes e administradores locais da academia do saber,  primando pela responsabilidade e sentido de missão no desempenho das suas funções.

Na ocasião, aconselhou os diplomados para cultivarem o espírito patriótico, para que possam responder positivamente quando chamados a prestar contributo em qualquer parte da província.

O acto foi presenciado por membros do governo provincial, da direcção da universidade, docentes, estudantes, familiares dos diplomados, entre outros convidados.

Leia também
  • 05/02/2019 12:28:39

    Mais de mil crianças ganham escola de 14 salas

    Cuangar - Mil e 700 crianças que estudavam em capelas, na sede municipal do Cuangar, província do Cuando Cubango, ganharam, segunda-feira, um complexo escolar do I e II ciclo de ensino secundário, com 14 salas de aula.

  • 27/01/2019 22:07:16

    JMPLA prepara jovens para ingresso ao ensino superior

    Uíge - Seiscentos e 34 jovens que pretendem ingressar no ensino superior este ano terminaram sábado, na cidade do Uíge, um curso preparatório e de orientação escolar gratuito, promovido pelo secretariado provincial da JMPLA.

  • 27/01/2019 04:33:09

    JMPLA encerra ciclo preparatório e de orientação escolar gratuíto

    Cuito - Mais de quinhentos jovens candidatos ao ingresso no ensino superior no município do Cuito, Bié, encerraram sábado a quinta edição do ciclo de preparatório e orientação escolares, promovido pela Organização Juvenil do MPLA.

  • 24/01/2019 10:37:30

    ADPP lança 62 professores para zonas rurais do Cuando Cubango

    Menongue - Sessenta e dois novos professores da Escola de Magistério da Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP) no Cuando Cubango foram graduados hoje (quarta-feira), em Menongue, após três anos de formação.