Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

24 Agosto de 2018 | 17h54 - Actualizado em 24 Agosto de 2018 | 17h54

Responsável defende formação de professores do ensino especial

Uíge - O chefe do Departamento da Educação da província do Uíge, Dinis Maculo, defendeu hoje, sexta-feira, a necessidade de aumentar-se o número de formação dos professores do ensino especial, com vista a tornar mais eficiente e inclusivo a formação dos alunos portadores de deficiências.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ao falar no acto de encerramento de um seminário de formadores, que começou dia 13 deste mês, Dinis Maculo afirmou que o sector da educação da província do Uíge vai continuar a apostar na formação dos professores do ensino especial, no sentido de estarem melhor qualificados para atenderem as necessidades dos alunos.

Fez saber que a prioridade é capacitar os professores para melhor dominarem o códico braille, orientação motora, mobilidade dos alunos.

Já província de Malanje, cento e 94 professores e directores do colégio Amílcar Cabral, primeira zona de influência pedagógica (ZIP), terminaram hoje um seminário sobre treinamento metodológico.

No acto de encerramento, o director municipal da Educação de Malanje, Kununa Jungo, disse que o curso teve o objectivo de munir os docentes com ferramentas académicas para melhorarem o seu desempenho profissional.

“O professor é o espelho da sociedade e combatente da linha da frente, por isso deve ensinar bem, ter comportamento e postura exemplar na sociedade”, ressaltou.

Durante cinco dias, os participantes abordaram temas como a orientação metodológica, objectivos e os princípios didácticos, tipos de aulas, planificação trimestral e aulas simuladas.

O evento foi promovido pelo Gabinete Provincial da Educação de Malanje e prevê capacitar num período de cinco anos, mais de 5 mil professores do nível primário ao I ciclo do ensino secundário.

Na província do Bengo, professores do I e II ciclo do ensino secundário terminaram hoje, sexta-feira, em Caxito, um curso sobre as competências pessoais e sociais, de cidadania e direitos humanos, para saúde, para desenvolvimento sustentável, segurança e prevenção de violência e culturais.

Na ocasião, o chefe do Departamento da Educação e Ensino Geral do Gabinete Provincial da Educação do Bengo, António de Assureira, disse que formação sobre empreendedorismo e competências para a vida é uma preparação para a expansão da disciplina de empreendedorismo nas escolas que ainda não leccionam essa cadeira na circunscrição.

Aconselhou aos formados a reproduzir os conhecimentos adquiridos na acção formativa nos seus municípios de origem.

A disciplina de empreendedorismo foi inserida em 2014 no sistema de ensino na província do Bengo e o seu alargamento tem sido de forma progressiva.

Na província do Cunene, 140 professores do município do Cuanhama, concluíram hoje, sexta-feira, em Ondjiva, um seminário sobre pedagógica do ensino da Língua Portuguesa e Matemática, no âmbito do Projecto de Aprendizagem Para Todos (PAT).

A formação durou 14 dias, nos quais os participantes abordaram matérias sobre a diferenciação pedagógica no ensino da Língua Portuguesa, bem como a classificação, propriedade, grandeza, medidas, transformação geometria e planos de trabalho.

O objectivo do PAT é transmitir conhecimentos e metodologias de ensino que contribuem para a melhoria da qualidade educativa no país.

O PAT é uma iniciativa do Ministério da Educação, financiado pelo Banco Mundial (BM), está a ser implementado na província do Cunene desde 2017.

Leia também
  • 08/11/2018 17:08:38

    Academia regula estratégias de intervenção de sectores produtivos

    Luena - As reflexões e resultados produzidos pelas actividades académicas promovidas pelos estabelecimentos de ensino superior no Moxico podem contribuir na regulação das estratégias de intervenção nos diversos sectores produtivos e institucionais da vida social dos habitantes locais, o director geral do Instituto Superior Politécnico Privado Walinga (ISPPW) do Moxico, Albano Freitas Sapalo.

  • 08/11/2018 17:02:19

    Huíla acolhe 1º Congresso Internacional de Educação Primária

    Lubango - A província da Huíla acolhe de 21 a 23 de Novembro do ano em curso, na cidade do Lubango, o 1º Congresso Internacional de Educação Primaria sob o signo Repensar a Escola Primaria: Desafio da Globalização, numa iniciativa do Instituto Superior Politécnico Independente (ISPI).

  • 08/11/2018 12:20:40

    Finalistas do Liceu do Tuku expõem produtos diversos

    Mbanza Kongo - Uma exposição de produtos diversos feitos de material reciclado como papelão, latas, bordão e cartolina por 127 finalistas do Liceu do Tuku, município de Mbanza Kongo, província do Zaire, está desde terça-feira, patente nesta instituição do II ciclo de ensino secundário.

  • 08/11/2018 06:29:22

    Curoca ganha novas salas de aula

    Curoca - O município do Curoca, província do Cunene, conta com uma nova escola de seis salas de aula para 420 alunos, inaugurada quarta-feira, em Oncócua, pelo vice-presidente da República, Bornito Sousa.