Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

27 Agosto de 2018 | 16h26 - Actualizado em 27 Agosto de 2018 | 16h26

Regresso às aulas marcado pela afluência de alunos nas escolas

Mbanza Kongo - O primeiro dia de aulas após a pausa pedagógica de duas semanas no subsistema de ensino geral no país, caracterizou-se nesta segunda-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, pela presença massiva de alunos e professores nas escolas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Alunos em sala de aula

Foto: Pedro Parente

Numa ronda efectuada pela Angop, nos diferentes estabelecimentos de ensino desta cidade foi notável a preocupação de pais e encarregados de educação a acompanharem os menores de idade às escolas.

As salas de aulas voltaram a ser coloridas de batas brancas, sobretudo, no colégio 4 de Abril, localizado no bairro Sagrada Esperança, assim como no Liceu de Tuku, localidade que dista a 12 quilómetros do centro da cidade de Mbanza Kongo.

De acordo com o director deste último estabelecimento que atende alunos do II ciclo do ensino secundário, Pedro Guilherme Raio, tem sido hábito os alunos da instituição aparecerem em massa após as pausas pedagógicas, frisando que é fruto de um convénio rubricado com os pais e encarregados de educação dos discentes que nela estudam.

“É de louvar a aderência de alunos e docentes no primeiro dia de aula, neste terceiro semestre do ano lectivo de 2018”, frisou, lembrando que mil e 911 alunos, distribuídos em seis cursos, frequentam o presente ano lectivo neste estabelecimento de ensino.

O responsável destacou também o nível de aproveitamento académico dos seus alunos, durante o Iº e IIº trimestres, frisando que 85 por cento de discentes transitarem neste período.

Eduardo João Lemos, director do colégio 4 de Abril, correspondente ao I ciclo do ensino secundário, manifestou-se também satisfeito com a afluência dos alunos às aulas, frisando que esta primeira semana, após a pausa pedagógica, servirá para a correcção conjunta das provas em salas de aulas.

“Os encarregados de educação cumpriram com as recomendações da direcção da escola, mandando os seus educandos”, explicou o responsável, frisando que o cenário era completamente contrário em anos anteriores.

Na ocasião, fez balaço positivo do presente ano lectivo, referindo ter atingido 72 por cento de aproveitamento por parte dos alunos, nos dois primeiros seis meses de aulas, frisando que a escola atende mil e 18 alunos, dos quais 466 do sexo feminino.
 
 

Leia também
  • 08/11/2018 17:08:38

    Academia regula estratégias de intervenção de sectores produtivos

    Luena - As reflexões e resultados produzidos pelas actividades académicas promovidas pelos estabelecimentos de ensino superior no Moxico podem contribuir na regulação das estratégias de intervenção nos diversos sectores produtivos e institucionais da vida social dos habitantes locais, o director geral do Instituto Superior Politécnico Privado Walinga (ISPPW) do Moxico, Albano Freitas Sapalo.

  • 08/11/2018 17:02:19

    Huíla acolhe 1º Congresso Internacional de Educação Primária

    Lubango - A província da Huíla acolhe de 21 a 23 de Novembro do ano em curso, na cidade do Lubango, o 1º Congresso Internacional de Educação Primaria sob o signo Repensar a Escola Primaria: Desafio da Globalização, numa iniciativa do Instituto Superior Politécnico Independente (ISPI).

  • 08/11/2018 12:20:40

    Finalistas do Liceu do Tuku expõem produtos diversos

    Mbanza Kongo - Uma exposição de produtos diversos feitos de material reciclado como papelão, latas, bordão e cartolina por 127 finalistas do Liceu do Tuku, município de Mbanza Kongo, província do Zaire, está desde terça-feira, patente nesta instituição do II ciclo de ensino secundário.

  • 03/11/2018 15:29:15

    Cooperação francesa realiza tournê "Eferveciências" em Angola

    Luanda - Uma tournê de conferências-espectáculos académica realiza-se de 6 a 9 de Novembro, em quatro províncias do País, no âmbito do inovador projecto "Eferveciências" (Effervesciences), a ser ministrada pelo pesquisador francês Richard Eastes, numa iniciativa da cooperação francesa em Angola, soube hoje (sábado) a Angop.