Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

27 Agosto de 2018 | 16h26 - Actualizado em 27 Agosto de 2018 | 16h26

Regresso às aulas marcado pela afluência de alunos nas escolas

Mbanza Kongo - O primeiro dia de aulas após a pausa pedagógica de duas semanas no subsistema de ensino geral no país, caracterizou-se nesta segunda-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, pela presença massiva de alunos e professores nas escolas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Alunos em sala de aula

Foto: Pedro Parente

Numa ronda efectuada pela Angop, nos diferentes estabelecimentos de ensino desta cidade foi notável a preocupação de pais e encarregados de educação a acompanharem os menores de idade às escolas.

As salas de aulas voltaram a ser coloridas de batas brancas, sobretudo, no colégio 4 de Abril, localizado no bairro Sagrada Esperança, assim como no Liceu de Tuku, localidade que dista a 12 quilómetros do centro da cidade de Mbanza Kongo.

De acordo com o director deste último estabelecimento que atende alunos do II ciclo do ensino secundário, Pedro Guilherme Raio, tem sido hábito os alunos da instituição aparecerem em massa após as pausas pedagógicas, frisando que é fruto de um convénio rubricado com os pais e encarregados de educação dos discentes que nela estudam.

“É de louvar a aderência de alunos e docentes no primeiro dia de aula, neste terceiro semestre do ano lectivo de 2018”, frisou, lembrando que mil e 911 alunos, distribuídos em seis cursos, frequentam o presente ano lectivo neste estabelecimento de ensino.

O responsável destacou também o nível de aproveitamento académico dos seus alunos, durante o Iº e IIº trimestres, frisando que 85 por cento de discentes transitarem neste período.

Eduardo João Lemos, director do colégio 4 de Abril, correspondente ao I ciclo do ensino secundário, manifestou-se também satisfeito com a afluência dos alunos às aulas, frisando que esta primeira semana, após a pausa pedagógica, servirá para a correcção conjunta das provas em salas de aulas.

“Os encarregados de educação cumpriram com as recomendações da direcção da escola, mandando os seus educandos”, explicou o responsável, frisando que o cenário era completamente contrário em anos anteriores.

Na ocasião, fez balaço positivo do presente ano lectivo, referindo ter atingido 72 por cento de aproveitamento por parte dos alunos, nos dois primeiros seis meses de aulas, frisando que a escola atende mil e 18 alunos, dos quais 466 do sexo feminino.
 
 

Leia também
  • 27/08/2018 15:10:12

    Mediateca do Huambo tem mais de 18 mil usuários

    Huambo - Dezoito mil e 63 cidadãos usam a mediateca da província do Huambo, em funcionamento desde Fevereiro de 2014, um número que deixa satisfeito a direcção da instituição.

  • 27/08/2018 10:54:36

    Município de Quitexe necessita de 20 novas escolas

    Uíge - Vinte novas escolas são necessárias para responder as preocupações da população estudantil no município de Quitexe, informou hoje, segunda-feira, a administradora Maria Odete Pinto.

  • 26/08/2018 16:50:04

    Governo quer contar com os graduados pelo ISCED

    Huambo - O governador da província do Huambo, João Baptista Kussumua, manifestou sábado, nesta região, o interesse de poder contar com os graduados pelo Instituto Superior de Ciências de Educação (ISCED) para melhorar a qualidade do processo de ensino-aprendizagem.