Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

06 Setembro de 2018 | 16h59 - Actualizado em 06 Setembro de 2018 | 16h58

Inserção da língua Kikongo dinamiza processo de alfabetização

Mbanza Kongo - Um universo de quarenta e três mil e 889 cidadãos adultos aprenderam a ler e escrever no município de Mbanza Kongo, província do Zaire, nos últimos seis anos, êxito atribuído à inserção da língua nacional Kikongo no processo de alfabetização.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

De acordo com o responsável municipal do programa de ensino de adultos, Gonga Afonso, a língua materna teve um impacto positivo na relação comunicacional entre alfabetizadores e alfabetizandos.

Chamado a dissertar o tema sobre as “línguas nacionais no processo de alfabetização”, inserido no programa alusivo ao 8 de Setembro, dia internacional da alfabetização, Gonga Afonso lembrou que o processo de aprendizagem leva a sociedade ao desenvolvimento.

 “Temos o testemunho de muitas pessoas, principalmente do sexo feminino, que se superaram após serem alfabetizadas e conseguiram ingressar no mercado de emprego”, disse.

Participaram na palestra alfabetizandos, alfabetizadores, responsáveis e quadros do sector, membros da administração municipal de Mbanza Kongo, entre outros convidados.
 
O 8 de Setembro vai ser assinalado sob o lema “A alfabetização e o desenvolvimento de competências”

No presente ciclo formativo, o sector da alfabetização em Mbanza Kongo, que controla 167 alfabetizadores, matriculou cinco mil e 750 formandos.

O 8 de Setembro foi proclamado como Dia Internacional da Alfabetização na 14ª sessão da Conferência Geral da Unesco, a 26 de Outubro de 1966. Desde 1967 as celebrações desta data acontecem anualmente em todo mundo.
 

Leia também
  • 05/09/2018 19:25:12

    Mais de quatro milhões de angolanos continuam sem saber ler e escrever

    Luanda - A ministra da Educação, Maria Cândida Teixeira, disse hoje, quarta-feira, em Luanda, que mais de quatro milhões de angolanos, com idades compreendidas entre os 15 e os 35 anos de idade, continuam sem saber ler nem escrever.

  • 05/09/2018 18:41:25

    SINPROF confiante no bom senso do Executivo

    Mbanza Kongo - O Sindicato Nacional de Professores (SINPROF) manifestou hoje, quarta-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, esperança na resolução das reivindicações da classe pelo Executivo.

  • 27/08/2018 16:26:29

    Regresso às aulas marcado pela afluência de alunos nas escolas

    Mbanza Kongo - O primeiro dia de aulas após a pausa pedagógica de duas semanas no subsistema de ensino geral no país, caracterizou-se nesta segunda-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, pela presença massiva de alunos e professores nas escolas.