Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

08 Setembro de 2018 | 11h52 - Actualizado em 08 Setembro de 2018 | 11h52

Malanje: Estudantes do ISPM encerram semana científica estudantil

Malanje - Os estudantes do Instituto Superior Politécnico de Malanje (ISPM) foram desafiados a cultivar o espírito de investigação científica, análise crítica e reflexiva, para combater práticas de mera reprodução de conteúdos, por configurar um aspecto que em nada contribui para o desenvolvimento da ciência.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O desafio foi lançado sexta-feira (7), pelo director do ISPM, Eduardo Ekundi Valentim, durante a cerimónia de encerramento da Semana Científica Estudantil da referida instituição, que teve duração de sete dias e visou incutir nos estudantes a importância da pesquisa científica na academia.

De acordo com o responsável, para que se forje quadros competentes e capazes de dar resposta às tarefas que visam o desenvolvimento do país nos diferentes domínios, é indispensável que se aposte seriamente na investigação científica, que caracterizou como sendo ainda “um problema transversal da academia angolana”.

Sobre isso, Eduardo Ekundi Valentim congratulou-se com a intenção do Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação em criar, nos próximos tempos, um fundo para o fomento à investigação científica, o que virá minimizar a carência de recursos com que os docentes angolanos se debatem na elaboração de trabalhos científicos.

“Com este fundo, os professores serão desafiados a conceber mais projectos científicos e neles agregar a componente de iniciação à investigação científica, com vista a estimular os estudantes a enveredarem por este caminho”, acrescentou.

Quanto a semana científica estudantil, o director considerou como sendo um espaço privilegiado para conciliar a teoria à prática, assim como vem ajudar os discentes a reflectir sobre as mais variadas temáticas ligadas às respectivas áreas de formação.

A semana científica estudantil do ISPM contou com o envolvimento de 63 professores e 355 estudantes, que durante o evento apresentaram diversos trabalhos ligados aos cursos de Ciências Farmacêuticas, Enfermagem e Psicologia Clínica.

Leia também
  • 08/11/2018 17:08:38

    Academia regula estratégias de intervenção de sectores produtivos

    Luena - As reflexões e resultados produzidos pelas actividades académicas promovidas pelos estabelecimentos de ensino superior no Moxico podem contribuir na regulação das estratégias de intervenção nos diversos sectores produtivos e institucionais da vida social dos habitantes locais, o director geral do Instituto Superior Politécnico Privado Walinga (ISPPW) do Moxico, Albano Freitas Sapalo.

  • 08/11/2018 17:02:19

    Huíla acolhe 1º Congresso Internacional de Educação Primária

    Lubango - A província da Huíla acolhe de 21 a 23 de Novembro do ano em curso, na cidade do Lubango, o 1º Congresso Internacional de Educação Primaria sob o signo Repensar a Escola Primaria: Desafio da Globalização, numa iniciativa do Instituto Superior Politécnico Independente (ISPI).

  • 08/11/2018 12:20:40

    Finalistas do Liceu do Tuku expõem produtos diversos

    Mbanza Kongo - Uma exposição de produtos diversos feitos de material reciclado como papelão, latas, bordão e cartolina por 127 finalistas do Liceu do Tuku, município de Mbanza Kongo, província do Zaire, está desde terça-feira, patente nesta instituição do II ciclo de ensino secundário.

  • 03/11/2018 15:29:15

    Cooperação francesa realiza tournê "Eferveciências" em Angola

    Luanda - Uma tournê de conferências-espectáculos académica realiza-se de 6 a 9 de Novembro, em quatro províncias do País, no âmbito do inovador projecto "Eferveciências" (Effervesciences), a ser ministrada pelo pesquisador francês Richard Eastes, numa iniciativa da cooperação francesa em Angola, soube hoje (sábado) a Angop.