Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

12 Janeiro de 2019 | 15h54 - Actualizado em 12 Janeiro de 2019 | 15h54

Luanda alarga número de alunos no sistema de ensino

Luanda - Quinze mil e 930 novos alunos serão matriculados no presente ano lectivo 2019, em Luanda, assegurou hoje, sábado, o director do gabinete provincial de educação, Narciso Bendito.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Director do Gabinete Provincial de Educação - Narciso Benedito

Foto: Arquivo

Esse número junta-se a mais de um milhão e 500 mil alunos que frequentaram aulas em 2018.

O responsável prestou esta informação no final de uma visita de campo do governador provincial, Luther Rescova, a quatro escolas novas, nos municípios de Belas, Viana e Cazenga.

De um modo geral, disse Narciso Benedito, para o presente ano lectivo mais de 140 mil novos alunos terão acesso a escola, nas classes de iniciação, primeira, sétima e 10ª classes.

Para acomodar esses discentes foram construídas várias escolas, das quais três primárias, uma do primeiro ciclo, um Instituto Médio de Administração e Gestão, um Magistério Primário e uma Escola de Formação de Técnicos de Saúde, distribuídas nos municípios de Viana, Belas e Cazenga, vistoriadas hoje pelo governador provincial.

De acordo com o director, foi feito um concurso público, que permitiu o ingresso de 2.500 novos professores, que se vão associar aos 30 mil existentes.

Narciso Benedito anunciou que as matrículas iniciam segunda-feira, dia 14 e decorrem até ao dia 18.

Esclareceu que no caso específico das escolas novas, ainda por serem apetrechadas, o governo deu uma moratória para o processo de matrículas que, oportunamente, será anunciado, para o mais tardar até 15 de Fevereiro iniciarem as aulas, sem comprometer o ano lectivo.

O governador Sérgio Luther Rescova visitou todas escolas novas que entram em funcionamento no presente ano lectivo que inicia a 1 de Fevereiro, cuja abertura está prevista para o dia 31 de Janeiro, na província de Cabinda.

Anunciou que o acto provincial da abertura do ano lectivo terá lugar igualmente no dia 31 de Janeiro, no Cine Atlântico.

Enquanto isso, encerrado que está o processo de inscrições, desde sexta-feira, segue-se a partir de segunda-feira o início das matrículas.

Acompanharam a constatação do governador, os vice-governadores, administradores municipais e adjuntos e directores provinciais.

Leia também
  • 16/01/2019 21:28:21

    Escola do Ensino Especial com mais de 100 vagas

    Huambo - Cento e 10 vagas estão disponíveis na escola de ensino especial, na cidade do Huambo.

  • 16/01/2019 21:26:23

    Escolas da ADPP graduam mais de 100 finalistas

    Huambo - Cento e um finalistas em diferentes áreas do saber foram graduados hoje, quarta-feira, na cidade do Huambo, pelas escolas de professores de futuro e polivalente profissional, ambas da organização não-governamental norueguesa ADPP.

  • 16/01/2019 17:34:17

    Gambos necessita de mais 157 professores

    Gambos- Apesar do enquadramento de 64 novos professores, o município dos Gambos, a 150 quilómetros a sudoeste do Lubango, na Huíla, necessita de mais 157 docentes para dar resposta a carência.

  • 16/01/2019 17:05:09

    Lunda Sul com mais de mil vagas para o ensino superior

    Saurimo - Mil e 270 vagas estão disponíveis, no presente ano académico, na Escola Superior Politécnica afecta à Universidade Lueji 'nkonde, e no Instituto Superior Politécnico Lusíada da Lunda Sul.