Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

21 Janeiro de 2019 | 16h25 - Actualizado em 21 Janeiro de 2019 | 16h25

UNM estabelece protocolos com associações empresariais

Lubango - Dois acordos de cooperação destinados a contribuir a promoção de conhecimentos e elevar o perfil de saída de estudantes foi rubricado nesta segunda-feira, no Lubango, entre a Universidade Mandume Ya Ndemufayo (UNM) e a Associação Agro-Pecuária, Comercial e Industrial da Huíla (AAPCIL) e a Integração e Desenvolvimento de Empresas (UniOne).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Os referidos acordos, com duração de quatros anos, prevêm a realização conjunta de eventos técnico-científicos, conferências, feiras, seminários e workshop, bem como a presença em debates e fóruns de interesse mútuo e troca de publicações, com vista a fortalecer a mão-de-obra empresarial.

O mesmo protocolo faz menção para a promoção de acções conjuntas de pesquisa para a inovação tecnológica e capacitação por meio de estágios profissionais, para melhorar o perfil de saída dos estudantes e efectivar a relação universitária, empresarial e sociedade ao serviço do desenvolvimento sustentável da região e não só.

O presidente da AAPCIL, Paulo Gaspar, afirmou que o contexto actual obriga a que as empresas estejam ligadas as instituições de formação e do ensino, para o acompanhamento do processo de formação da mão-de-obra.

Reforçou que o desenvolvimento empresarial está ligado a capacidade de resposta das academias, daí a valência do protocolo.

“O empresário que não se rodear de técnicos com formação e criatividade está condenado ao fracasso. A academia deve ser o centro das nossas pesquisas, da criação de novas soluções técnicas, novos produtos e novas formas de gestão”, reiterou.

Para o administrador da Unione, Fernando Jorge Gomes, adiantou que as empresas precisam, com  urgência, de estudantes qualificados, com vista a materializar as ideias dos empresários.

Para o responsável, o desenvolvimento económico tão desejado não vai acontecer sem que haja cooperação entre as universidades e as empresas, pelo que, com este memorando, se espera desenvolver, no mais alto nível, a indústria transformadora, agregando valor às riquezas.

Por seu turno o reitor da UNM, Orlando da Mata, referiu que a parceria, do ponto de vista estratégico, representa um ganho para a província.

O gestor sublinhou que juntos vão cooperar para a melhoria da classe empresarial e académica.

Leia também
  • 05/02/2019 12:12:29

    Mil e 500 alunos de Quipungo em novas salas de aula

    Quipungo - Mil e 500 alunos começaram, nesta terça-feira, a estudar em condições mais cômodas, no município de Quipungo, com a inauguração, na segunda-feira, de 15 novas salas de aula.

  • 29/01/2019 14:57:40

    Destacada importância da educação pré-escolar

    Humpata - A necessidade de despertar nas famílias e encarregados de educação a importância das crianças frequentarem a educação pré-escolar, em prol do seu desenvolvimento cognitivo e psicomotor, foi defendida hoje, terça-feira, no município da Humpata, pela vice-governadora para o sector Económico, Político e Social da província da Huíla, Maria João Chipalavela.

  • 28/01/2019 16:02:01

    Meliantes roubam móveis de escola na Matala

    Matala - Cidadãos desconhecidos roubaram, no fim-de-semana, carteiras, secretárias, cadeiras, entre outros móveis da escola do ensino primário da localidade do Canongundo, no município da Matala, província da Huíla.

  • 27/01/2019 22:07:16

    JMPLA prepara jovens para ingresso ao ensino superior

    Uíge - Seiscentos e 34 jovens que pretendem ingressar no ensino superior este ano terminaram sábado, na cidade do Uíge, um curso preparatório e de orientação escolar gratuito, promovido pelo secretariado provincial da JMPLA.