Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

28 Janeiro de 2019 | 17h22 - Actualizado em 28 Janeiro de 2019 | 17h22

Novos cursos do ISCED preenchem 1º dia de exames de admissão

Luanda - Os cursos de Educação de Infância, com 40 vagas para o período regular, e Ensino Primário, com 100, sendo 40 para regular e 60 para o período pós-laboral, tiveram primazia, nesta segunda-feira, no primeiro dia de exames de acesso ao Instituto Superior de Ciências de Educação (ISCED).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Para o ano lectivo 2019, a instituição conta com a introdução dos cursos de Ensino Primário, Educação de Infância e a Biologia, este último ainda não arrancou por falta de docentes e de um laboratório.

O início dos exames mereceu, de forma inédita, a fiscalização do secretário de Estado do Ensino Superior, Eugénio Silva, que, apesar de considerar o ambiente calmo, constatou alguns constrangimentos horas antes da prova.

Mais de 10 estudantes não tinham os seus nomes nas listas afixadas.

Houve ainda a ausência de docentes vigilantes da prova, mas com a predisposição de estudantes, professores  e da equipa que coordena o processo a assumir o processo com toda responsabilidade e seriedade.

Embora com algumas situações pontuais por resolver, mas solucionadas antes do início das provas, o responsável, que percorreu algumas salas com um olhar atento sensibilizando os candidatos, mostrou-se satisfeito pelo trabalho organizativo, sério e consistente de mobilização de pessoas.

“Afinaram o mecanismo para que as provas decorram com normalidade, rigor, exigência e seriedade necessária”, considerou.

Os exames de acesso este ano contam com uma regra nova aprovada no regulamento geral de acesso ao ensino superior que é de 10 valores para a entrada em qualquer curso.

Faz parte da agenda de Eugénio da Silva visitar, igualmente, as províncias de Cabinda, Huambo e Huíla.

“As regras aplicam-se a todas instituições do ensino superior  públicas e privadas”, sublinhou.

Por sua vez, o director-adjunto para a área académica do ISCED, Zavoni Ntondo, considerou a iniciativa como uma mais-valia e que deve ser contínua, pois até ao momento realizavam o processo de admissão sem  uma regulamentação, embora a instituição tenha um interno.

Em Luanda, o ISCED conta com um Centro de Estudos e Investigação em Ciências da Educação, oito departamentos de ensino e investigação, onde estudam 4.069 estudantes e as aulas são asseguradas por 145 professores.

No ISCED são ministrados 10 cursos de licenciatura, seis de mestrado e de pós-graduação.

Para além da nova oferta formativa, o ISCED de Luanda tem formado os futuros docentes e investigadores em ensino de Filosofia, Francês, História, Línguas e Literaturas Africanas, Matemática, Sociologia e Psicologia.

O Instituto Superior de Ciências da Educação de Luanda é uma instituição do ensino superior público que está ao serviço da formação de professores, gestores escolares e outros profissionais da educação e da investigação científica desde a década de 80.

Eugénio Silva visitou  também o Campus da Universidade Agostinho Neto (UAN),  onde registou igualmente um ambiente calmo e organizativo.

Os exames de acesso a UAN irão decorrer até ao dia 1 de Fevereiro.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 05/02/2019 14:48:22

    Salas "desertas" no primeiro dia de aulas

    Luanda - Várias escolas da província de Luanda registaram, na manhã desta terça-feira, um cenário de salas vazias e corredores "abarrotados", no primeiro dia de aulas do ano lectivo 2019.

  • 29/01/2019 07:57:29

    Banco Económico oferece 150 bolsas de estudo para ensino superior

    Luanda - Cento e cinquenta bolsas de estudo para o ensino superior, mais 50 em relação ao ano académico 2018, serão disponibilizadas este ano pelo Banco Económico, anunciou , nesta terça-feira, em Luanda, a instituição.

  • 28/01/2019 17:18:08

    Legalizados 104 cursos superiores para o ano académico 2019

    Luanda - Cento e quatro cursos, dos 144 ilegais registados pelo Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI), em 2018, foram legalizados, informou, nesta segunda-feira, em Luanda, o secretário de Estado para o Ensino Superior, Eugénio Silva.