Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

16 Fevereiro de 2019 | 08h49 - Actualizado em 16 Fevereiro de 2019 | 08h48

Centro Cultural Brasil-Angola promove abordagem sobre harmonização curricular

Luanda- O processo de reestruturação e de harmonização ciurricular do ensino da língua portuguesa pelo governo brasileiro no continente africano junta de 18 a 22 deste mês, em Luanda, directores e professores de todos os centros culturais nos PALOPs.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

De acordo com uma nota do Centro Cultural Brasil-Angola (CCBA) enviada à Angop, o processo de reestruturação vai incidir nas vertentes do português-língua-segunda e do português-língua-estrangeira, sempre de forma integrada à promoção da cultura e da indústria criativa do Brasil.

“Espera-se, como resultado de médio prazo da iniciativa, um aumento da contribuição brasileira para o desenvolvimento da competência linguística dos estudantes africanos em seus respectivos contextos culturais (português-língua-segunda)”, lê-se no documento.

No que se refere ao português como língua estrangeira, refere a nota, busca-se promover a vertente brasileira do idioma junto a falantes de outras línguas, incluindo potenciais interessados em estudar ou trabalhar no Brasil.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 14/02/2019 15:03:39

    Ensino superior com mais de 700 novos docentes

    Luanda - Setecentos e setenta e nove professores, entre estagiários, assistentes e auxiliares, serão enquadrados no sistema de ensino superior público no presente ano académico, anunciou, nesta quinta-feira, em Luanda, o director dos Recursos Humanos do Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Alfredo Buza.

  • 11/02/2019 19:35:13

    Escolas "decretam" tolerância zero ao assédio

    Luanda - É senso-comum que a escola é um espaço para ensinar e aprender. Pelo menos em teoria é assim. Porém, na vida, muitos cidadãos usam esse espaço de interacção social, em Angola, para o alcance de outros objectivos inconfessos, como o assédio sexual.

  • 11/02/2019 16:53:35

    Luanda acolhe primeiro seminário de formação de professores da CPLP

    Luanda - O Ministério da Educação (MED) realiza de 12 a 14 do corrente mês, em Luanda, o primeiro seminário de formação de professores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), para a troca de experiência a nível teórico, prático e de investigação científica.