Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

10 Dezembro de 2019 | 06h51 - Actualizado em 10 Dezembro de 2019 | 06h51

Professores capacitados em técnicas de primeiro socorro

Dundo - Professores de diversas escolas na província da Lunda Norte estão desde segunda-feira, a ser formados em técnicas de primeiros socorros, para responderem adequadamente as situações adversas em sala de aula, antes de levar o aluno ao hospital.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Professor em sala de aula (Arquivo)

Foto: Pedro Parente

Os professores vão durante dois dias de formação, promovida pelos gabinetes da Educação e Saúde na Lunda Norte, no âmbito do programa “Saúde Escolar”, ser igualmente ser capacitados em matérias ligadas a saúde oral, ambiente e higiene pessoal.

Na abertura, o chefe do departamento de educação e ensino, Bernabé André, disse que o seminário, enquadra-se nas estratégias do sector que visa a promoção e prevenção da saúde nas escolas.

No evento, participam responsáveis de vários estabelecimentos de ensino, professores, efectivos do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, técnicos da saúde, entre outros.

No presente ano lectivo foram matriculados na Lunda Norte, 214 mil alunos em todos os subsistemas de ensino, distribuídos em 172 escolas (mil e 665 salas de aulas), assegurados por cinco mil e 156 professores, distribuídos em mil 665 salas de aulas.

Cuando Cubango

Directores municipais de educação, coordenadores das actividades extra-escolares, directores do ensino primário e de escolas do I e II ciclo no município de Menongue, na província do Cuando Cubango, estão a ser capacitados desde segunda-feira, em matérias de higiene bocal e ambiental, com duração de três dias.

O seminário, enquadrado na implementação do Programa de Saúde Escolar em parceria com o ministério da Saúde, Organização Mundial da Saúde e do Unicef, conta com 90 participantes, entre coordenadores escolares de Menongue e professores seleccionados para o efeito.

Em declarações à ANGOP, o director do gabinete da educação no Cuando Cubango, Miguel Canhime, o objectivo é melhorar a higiene das escolas saudável em 2020, desde às questões relacionadas com os aspectos de limpeza (banho) dos alunos e das próprias instituições de ensino, para da questão da prevenção da cárie dentária.

Ao longo do ano lectivo 2019, prestes a terminar, o sector da educação matriculou cerca de 170 mil alunos dos diversos subsistemas de ensino, que estudam em cerca de 1.700 salas de aula, num total de 276 escolas, que são asseguradas por 5.334 funcionários, dos quais 5.067 são professores.

Leia também
  • 22/11/2019 17:41:33

    MED reafirma aposta no aumento de docentes

    Luanda - O Ministério da Educação (MED) reafirmou, nesta sexta-feira, a aposta no aumento do quadro docente no país e a valorização (com formação, melhoria das condições laborais e acções de refrescamento) para a melhoria da cobertura escolar.

  • 15/11/2019 08:10:25

    Biblioteca da escola "Eusébio Nelson" necessita de livros

    Dundo - A biblioteca da escola "Eusébio Nelson", a maior da província da Lunda Norte, com 42 salas de aulas, albergando oito mil e 88 alunos no ensino primário, I e II ciclo, precisa de livros e mobiliário para o seu apetrechamento.

  • 08/11/2019 00:33:58

    Icungula ganha escola de seis salas

    Cambulo - Uma escola primária de seis salas de aulas foi inaugurada nesta quinta-feira, na localidade de Icungula, município de Cambulo, Lunda Norte, pelo governador local, Ernesto Muangala.