Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

17 Dezembro de 2019 | 18h19 - Actualizado em 17 Dezembro de 2019 | 18h43

MED aposta na formação dos professores

Luanda - A ministra da Educação, Ana Paula Tuavanje Elias, reafirmou, nesta terça-feira, em Luanda, a aposta na capacitação e formação dos professores, como forma de elevar a qualidade do ensino.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Ministra da Educação, Ana Paula Tuavanje Elias, visita Magistério Mutu-Ya-Kevela

Foto: Henri Celso

De acordo com a ministra, que falava à imprensa no final de uma visita de constatação ao Magistério Pirmário Mutu ya Kevela, trata-se de uma das prioridades do Executivo, tendo em conta aos desafios ligados a elevação da qualidade no processo de ensino e aprendizagem.

Para o efeito, Ana Paula Tuavanje Elias apontou os magistérios primários como os principais “celeiros” para a concretização dos objectivos preconizados pelo Executivo, no que a formação de docentes diz respeito.

Ana Paula Tuavanje Elias afirmou que deve haver um comprometimento de todos para que a formação seja digna, uma formação que dê os frutos desejados e necessários para dotar as escolas primárias de docentes bem dotados em termos de conhecimentos e técnicas de transmissão de conhecimentos.

A intenção, segundo a governante, é preparar a base para que os alunos saíam do ensino primário bem preparados para que possam enfrentar os subsistemas subsequentes.

No âmbito da implementação do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), a rede escolar nacional poderá ganhar mais de cinco mil salas de aulas, contribuindo, desta forma, para a redução do número de crianças for do sistema normal de ensino.

Relativamente a inclusão das línguas nacionais no currículo escolar, a ministra disse ser também uma das prioridades, como forma de permitir que os alunos possam dominar em termos de escrita e fala uma das línguas de Angola.

Os dados do Governo indicam que, até ao momento, Angola tem 181.624 mil professores, para um universo de mais de 10 milhões de alunos na rede pública e privada.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 16/12/2019 09:12:31

    Acordo Ortográfico já leva 29 anos

    Luanda - O novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (AOLP) completa, nesta segunda-feira, 29 anos desde o seu nascimento, a 16 de Dezembro de 1990, em Lisboa.

  • 11/12/2019 20:45:34

    Responsável do GIVA sugere mais estágios profissionais

    Luanda - A responsável do Gabinete de Inserção na Vida Activa (GIVA), Maria de Lurdes, sugeriu, nesta quarta-feira, em Luanda, que o Governo aprimore os mecanismos de parceria com as empresas a fim de viabilizar os estágios profissionais aos alunos.

  • 10/12/2019 16:02:47

    Responsável incentiva apoio ao ensino técnico profissional

    Luanda - O director-geral do Instituto de Telecomunicações (ITEL), André Pedro, advogou, nesta terça-feira, em Luanda, a necessidade das empresas privadas apoiarem as instituições de ensino técnico profissionais, para o contributo dos estudantes no desenvolvimento sustentável do país.