Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

22 Março de 2019 | 18h06 - Actualizado em 22 Março de 2019 | 18h06

Governador incentiva troca de experiências entre escolas

Luena - A realização de intercâmbio entre as escolas públicas e as escolas geridas pela Igreja católica, para contribuir no melhoramento do seu funcionamento, foi incentivada hoje (sexta-feira), no Luena, pelo governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Alunos do Complexo Escolar Maria Auxiliadora

Foto: Kinda kyungu

Governador Provincial do Moxico, Gonçalves Mwandumba

Foto: Kinda kyungu

O governante sugeriu a ideia no termo das visitas de constatação efectuadas nas escolas sob gestão da Igreja Católica, sublinhando que a tradição e a experiência que essas instituições possuem podem melhorar a organização e o rendimento das escolas públicas.

Durante as visitas realizadas na escola primária – 328 (Padre Leonardo) e no Complexo Escolar Maria Auxiliadora (CEMA), Gonçalves Muandumba foi informado da forma como são aplicados os fundos públicos alocados pelo governo e das condições da acomodação dos alunos.

Na ocasião, a direcção da escola primária Padre Leonardo, com mil e 28 alunos matriculados da iniciação a 6ª classe, apontou a insuficiência de professores (29) como sendo a principal dificuldade, necessitando de mais 10 para o bom desempenho dos serviços da docência.

Enquanto isso, o estado avançado de degradação da estrada que dá acesso ao CEMA, constitui a “espinha dorsal” do estabelecimento, segundo a sua direcção escolar.

Para além da estrada, a direcção do CEMA pediu ao governante no sentido de apoiar a apetrechar o seu anfiteatro com uma capacidade para albergar mil pessoas sentadas e duas mil em pé.

Com mil e 600 alunos matriculados da iniciação ao II ciclo de ensino, auxiliados por 76 professores, o CEMA necessita de mil e 500 cadeiras para o anfiteatro, 200 cadeiras para biblioteca e 20 computadores para o laboratório de informática.

O governador provincial mostrou-se satisfeito com o estado organizacional das duas escolas, sobretudo, do ponto de vista pedagógica, funcionamento das estruturas sociais e ministração da merenda escolar.

Prometeu orientar as estruturas competentes no sentido de no tempo seco reparar a via que liga o CEMA à estrada principal para permitir o acesso dos alunos, professores e encarregados de educação.    

 

Leia também
  • 22/03/2019 17:54:16

    Instituto abre processo de renovação às bolsas de estudo internas

    Luanda - O processo de renovação às bolsas de estudo internas para os cursos de graduação e de pós-graduação para o ano académico 2019 iniciam segunda-feira (dia 25), em Luanda, no Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo (INAGBE).

  • 21/03/2019 16:53:26

    Idade condiciona enquadramento de alunos no Mutu Ya Kevela

    Luanda - Duzentos e 65 alunos do IMNE Garcia Neto podem ficar sem estudar neste ano lectivo por falta de vagas na Escola de Magistério Mutu Ya Kevela, para onde foram transferidos no quadro da reforma educativa que prevê a extinção das escolas de formação em educação de nível médio.

  • 21/03/2019 12:17:43

    Projecto Aprendizagem para Todos reúne directores em Luanda

    Luanda - O Projecto Aprendizagem para Todos (PAT) enquadra-se nas medidas do Ministério da Educação, com vista a promover uma mudança qualificativa no sistema de ensino, considerou hoje (quinta-feira), em Luanda, o secretário de Estado do Ensino Técnico Profissional, Jesus Baptista.