Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

30 Maio de 2019 | 13h53 - Actualizado em 30 Maio de 2019 | 13h44

Ong Rise Angola entrega 12 salas de aulas à população do Gama

Catumbela - Doze salas de aulas para atender 540 crianças que estudavam debaixo de árvores e em salas improvisadas de chapas de zinco, na escola BG0024, na comuna da Gama, município da Catumbela (Benguela), foram reabilitadas e entregues pela organização não-governamental Rise Angola, às autoridades locais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Sala de aulas

Foto: Angop

O acto formal de entrega das chaves ao administrador municipal da Catumbela, Julião Almeida, aconteceu hoje, no pátio da referida escola, e coube ao director nacional da Rise Angola, Adriano Huambo.

Em declarações à Angop, Adriano Huambo afirmou que a reabilitação das referidas salas ficou orçada no equivalente a 115 mil dólares norte americanos.

“As obras foram iniciadas pelas comunidades e a organização interveio na recuperação das paredes, reboque, chão, tecto, portas, janelas e no seu apetrechamento”, destacou.

O responsável fez saber que uma das políticas da Rise Angola, com sede nacional no município do Bocoio (Benguela), é ajudar o governo a concluir obras inacabadas de impacto social.

Por seu turno, o administrador municipal da Catumbela, Julião Almeida, encorajou e pediu dedicação aos professores, no sentido de transmitir os conhecimentos científicos com princípios de educar os alunos.

Julião de Almeida sublinhou que o governo está preocupado com o bem-estar das comunidades, sobretudo em proporcionar boa saúde, educação, água e luz eléctrica.

Já o aluno José Nhanga Bongue, que frequenta a 4ª classe, enalteceu na mensagem lida em representação dos seus colegas, as novas condições da infra-estrutura.

Referiu que os alunos estão satisfeitos pelo facto de deixarem de estudar debaixo de árvores e em salas inapropriadas, pelo que prometem maior dedicação aos estudos.

A escola primária BG0024 existe há 20 anos e nela estudam 2.558 alunos. As suas estruturas encontravam-se todas degradadas devido a falta de manutenção periódica, chuvas e fortes ventos que anualmente assolam a região, o que levou a que algumas salas ficassem inoperantes e alguns alunos passassem a estudar ao relento, debaixo de árvores e em salas improvisadas de chapa de zinco.

Leia também
  • 28/05/2019 18:32:48

    Estudantes do IMIB beneficiam de sala de informática

    Benguela - Uma sala de informática equipada com 20 computadores foi posta à disposição hoje, terça-feira, dos estudantes do Instituto Médio Industrial de Benguela (IMIB), numa oferta da empresa ITA (Internet Technologies Angola) em parceria com o Ministério da Educação.

  • 18/05/2019 18:14:30

    Professores na Ganda em capacitação pedagógica

    Ganda - Mais de dois mil professores de distintos níveis de ensino participaram, nos últimos 10 dias, no município da Ganda, província de Benguela, em acções de refrescamento pedagógico, visando o reforço das suas capacidades e a melhoria do ensino, apurou hoje, sábado, a Angop.

  • 08/05/2019 19:48:51

    Escola Augusto Chipenda recebe mais de 400 alunos

    Benguela - Dezassete salas de aula reabilitadas no complexo Augusto Chipenda foram entregues hoje, quarta-feira, pelo governador da província de Benguela, Rui Falcão, para atender, inicialmente, 488 crianças que estudavam ao ar livre na escola do I ciclo Alda Lara.