Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

02 Julho de 2019 | 20h52 - Actualizado em 02 Julho de 2019 | 20h56

Bolseiros angolanos a caminho da França para formação superior

Luanda - Um grupo de 54 estudantes finalistas do ensino médio de diversas escolas do país seguiu na noite desta terça-feira para a República da França, onde vai frequentar o ensino superior nas áreas dos petróleos, biologia, electricidade, informática e mecânica-industrial.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A formação é resultado de um protocolo de cooperação assinado, em 2018, no âmbito da visita do Chefe de Estado, João Lourenço, à República da França.

No Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, a Angop apurou que os estudantes foram seleccionados pela empresa petrolífera Total  E&P e nos próximos dias seguem os restantes 50 apurados pelo Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos.

Com idades compreendidas entre os 18 e 25 anos, os 104 estudantes serão distribuídos em 30 cidades, onde vão frequentar igualmente a pós-graduação.
 
Em declarações à Angop, momentos antes da viagem, o bolseiro Esterivaldo Sebastião, de 19 anos de idade, considerou difícil o processo de selecção dos candidatos, tendo manifestado o desejo de aproveitar a formação para dar o seu contributo no desenvolvimento sócio-económico do país.

Por seu turno, o estudante Adilson Tomás destacou que a França possui quatro universidades no raking mundial, e espera que a parceria entre os dois países possa proporcionar oportunidades de formação a outros jovens angolanos.

Assuntos Ensino Superior  

Leia também
  • 25/06/2019 14:01:25

    Faculdade de Medicina da UMN com instalações próprias

    Lubango - A Faculdade de Medicina da Universidade Mandume Ya Ndemofayo (UMN) dispõe a partir de hoje de instalações próprias, inauguradas pela ministra do Ensino Superior, Ciência e Tecnologia e Inovação, Maria Bragança Sambo, na presença do Presidente da República, João Lourenço.

  • 24/06/2019 22:57:55

    Huíla: Ministra descarta rescisão com docentes cubanos da Faculdade de Medicina

    Lubango - A permanência de docentes cubanos a leccionar na Faculdade de Medicina da Universidade Mandume Ya Ndemufayo (UMN) não está em risco, como se propala nalguns círculos huilanos, desmentiu hoje, no Lubango, a ministra do Ensino Superior, Ciência e Tecnologia e Inovação, Maria Bragança Sambo.

  • 16/06/2019 12:02:57

    Medicina terá faculdade própria na Huíla

    Lubango - A cidade do Lubango contará, a partir do próximo ano lectivo, em Março de 2020, com uma nova infra-estrutura da Faculdade de Medicina da Universidade Mandume Ya Ndemufayo (UMN).