Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

16 Julho de 2019 | 21h59 - Actualizado em 17 Julho de 2019 | 11h26

Projecto "Capacita Angola" apresentado em Benguela

Benguela - Um projecto sobre inclusão escolar, denominado "Capacita Angola", foi apresentado esta terça-feira, na cidade de Benguela, a professores, directores de escolas e encarregados de educação, numa iniciativa do Governo angolano, em parceria com o Centro de Desenvolvimento Infantil "Kuzola Mona".

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Benguela: Escola do ensino especial beneficia do Projecto Capacita Angola

Foto: Rosário Miranda

Financiado pelo Banco Económico, o projecto tem a duração de seis (6) meses e vai formar professores e encarregados de educação sobre o processo de adaptação de crianças com necessidades educativas especiais em salas de aula, bem como abordará a educação especial e como lidar com as dificuldades dos filhos.

Falando aos presentes, o director do Gabinete Provincial da Educação, Evaristo Mário, disse que este projecto vai contribuir para o diagnóstico, tratamento e superação dos transtornos do desenvolvimento infantil e acalentar os encarregados de educação que precisam de acompanhamento para os seus educandos.

Fica aqui o compromisso de o Governo Provincial de Benguela tudo fazer para juntar-se a este esforço e trabalhar com o Banco Económico e o Centro "Kuzola Mona". Estaremos também a aguardar pelos resultados do trabalho de diagnóstico de desenvolvimento que vai ser aqui feito para o bem-estar das crianças especiais”, enfatizou.

Já a responsável pelo projecto "Capacita Angola", em Benguela, Indira Horta, declarou que o mesmo prevê atingir pelo menos 300 crianças, que receberão atendimento para o diagnóstico clínico, das 760 que estudam na Escola do Ensino Especial de Benguela.

Referiu ser um projecto-piloto com duração de seis meses e com uma amostra menor, que deverá alastrar-se às outras províncias, caso se desenvolva, e que tem por objectivo o trabalho de inclusão das crianças especiais em todo o contexto de formação e adequá-las ao contexto educacional, social e familiar.

“É nosso papel velar pela parte técnica, formação dos professores, orientação dos pais, dentre outros aspectos”, fez saber.

Assistiram à apresentação do projecto a coordenadora social do Banco Económico, Katyana Mil Homens, professores e convidados.

Leia também
  • 26/06/2019 15:24:23

    Balombo ganha primeira escola do II ciclo

    Benguela - Uma escola do II ciclo do ensino secundário, com 16 salas de aulas e capacidade de albergar mil e 920 alunos em três turnos, foi inaugurada no município do Balombo, província de Benguela, pelo governador local, Rui Falcão.

  • 15/06/2019 10:31:53

    Fissuras no Magistério Lúcio Lara põem em risco integridade dos estudantes

    Benguela - A integridade física dos estudantes do Magistério Primário Lúcio Lara, localizado a oito quilómetros da cidade de Benguela, está em risco, devido às múltiplas fissuras que a infra-estrutura apresenta, informou nessa sexta-feira, o director pedagógico da instituição, Virgílio Calei.

  • 30/05/2019 13:53:38

    Ong Rise Angola entrega 12 salas de aulas à população do Gama

    Catumbela - Doze salas de aulas para atender 540 crianças que estudavam debaixo de árvores e em salas improvisadas de chapas de zinco, na escola BG0024, na comuna da Gama, município da Catumbela (Benguela), foram reabilitadas e entregues pela organização não-governamental Rise Angola, às autoridades locais.